“Dois Irmãos”, de Milton Hatoum, está nas mãos dos estudantes

“Minha primeira orientação para os estudantes é que leiam o livro. Se quiserem assistir à minissérie da Globo ou ler a adaptação em histórias em quadrinhos, tudo bem. Mas sempre tenham em mente que o que se pede na Fuvest é a leitura do romance”, comenta o pesquisador Fernando Breda

 06/10/2023 - Publicado há 8 meses

O escritor Milton Hatoum conversa com os estudantes que vão participar da Fuvest 2024: ‘É uma felicidade saber que o livro Dois Irmãos está sendo lido por jovens de São Paulo e de todo o Brasil”.

Também Fernando Breda, pesquisador e doutorando em Estudos Comparados de Literaturas de Língua Portuguesa na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, orienta: “Um dos grandes méritos desse romance é unir, de forma bastante orgânica, uma série de discussões políticas e sociais sérias, densas e complexas. Traz briga entre irmãos, investigação de paternidade, disputa pelo amor da mãe e revelação de segredos de família”.

Dois Irmãos, lançado em 2000 pela Companhia das Letras, é apontado como um dos romances brasileiros mais lidos e traduzidos nas duas últimas décadas.

+ Mais

“Dois Irmãos”, de Milton Hatoum, une tramas familiares e questões políticas e sociais


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.