Governo americano vai sequenciar o genoma de 1 milhão de pessoas

Projeto All of Us já incluiu 175 mil pessoas; resultados devem sair em 2020

Nesta edição, a professora Mayana Zatz  traz informações do All of Us (todos nós, em inglês), um projeto audacioso que pretende sequenciar o genoma de um grande número de pessoas. Um dos objetivos é dar ao paciente informações sobre as mutações genéticas e predisposições a doenças.

Angelina Jolie, por exemplo, é portadora de uma mutação no gene BRCA1, que aumenta a probabilidade de desenvolver tumores na mama e câncer de ovário. Em 2013, a atriz se submeteu a uma dupla mastectomia. Dois anos depois, retirou os ovários. Os procedimentos foram preventivos.

“Fazer um teste é cada vez mais fácil, mas interpretar os resultados não é trivial”, diz a geneticista do Centro de Pesquisas sobre o Genoma Humano e Células-Tronco (CEGH-CEL) da USP. Ela alerta que portadores de alterações genéticas nem sempre vão desenvolver doenças. Quais benefícios teria, então, o paciente ao saber que possui uma variante certamente patogênica?

Clique no áudio acima para ouvir a íntegra da coluna Decodificando o DNA.


Decodificando o DNA
A coluna Decodificando o DNA, com a professora Mayana Zatz, vai ao ar quinzenalmente toda quarta-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.