Desafios: Os rumos da indústria farmacêutica no Brasil

Uma entrevista sobre produção, preços, distribuição pública e o acesso da população aos medicamentos

Recentemente, duas importantes indústrias farmacêuticas multinacionais anunciaram que vão deixar o país dentro de alguns anos. Optaram por trocar a produção local pela exportação, para o Brasil, de medicamentos com novas tecnologias produzidos em países desenvolvidos.

Trata-se de mais um lance no importante e estratégico setor produtivo de medicamentos que acumula um longo histórico de idas e vindas, marchas e contramarchas envolvendo indústrias nacionais e multinacionais

Nesta edição da série Desafios, o assunto é a produção e o acesso da população aos medicamentos, um enorme e inescapável desafio para as sociedades, especialmente em países como o Brasil.

O entrevistado é Dante Alario, Diretor técnico e científico da Biolab Sanus Farmacêutica, graduado em Farmácia e Bioquímica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.