Reitoria reajusta em 25% valor das bolsas e auxílios a estudantes com necessidades socioeconômicas

Os benefícios passaram de R$ 400 para R$ 500 mensais, são retroativos ao mês de maio e serão pagos no dia 1º de junho

 25/05/2021 - Publicado há 7 meses  Atualizado: 31/05/2021 as 18:04
Por
Praça do Relógio na Cidade Universitária – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

 

A Reitoria divulgou hoje, dia 25 de maio, o reajuste de 25% no valor das bolsas e auxílios destinados a estudantes com necessidades socioeconômicas da Universidade, que passam de R$ 400 para R$ 500 mensais.

Os benefícios fazem parte do Programa de Apoio à Permanência e Formação Estudantil (PAPFE), do Programa Unificado de Bolsas de Estudos para Apoio e Formação de Estudantes de Graduação (PUB), do Programa de Estímulo ao Ensino de Graduação (PEEG) e do Programa Pró-Aluno da Pró-Reitoria de Graduação.

No caso do PAPFE, foram reajustados o auxílio-moradia, no valor de R$ 500, e o auxílio-transporte/manutenção, que passou para R$ 250, este último destinado aos alunos dos campi do interior e da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), localizada na zona leste de São Paulo.

Além deles, também estão incluídos nesse programa o auxílio-livro, que é disponibilizado por meio de créditos para aquisição de livros na Editora da USP (Edusp), e o auxílio-alimentação, que ocorre na forma de entrega diária de marmitas na Cidade Universitária “Armando de Salles Oliveira”, na EACH e no Quadrilátero Saúde/Direito, no centro da cidade.

Os novos valores são retroativos a maio de 2021 e serão pagos a partir do dia 1º de junho.

Atualmente, 15 mil estudantes são beneficiados com os auxílios e bolsas da USP, sendo que um mesmo estudante da Universidade pode receber auxílios de apoio socioeconômico combinados com outros tipos de bolsa de mérito acadêmico.

“Esta é uma ação importante da Universidade, que beneficiará sobremaneira a todos os estudantes em situação de maior vulnerabilidade econômica e social, especialmente neste momento de maior necessidade causada em decorrência da pandemia”, avalia o reitor da USP, Vahan Agopyan.

Neste ano, foram destinados recursos de mais de R$ 250 milhões, 6,7% a mais do que no ano passado, oriundos do orçamento da Universidade, para o programa de bolsas e auxílios concedidos com base em critérios socioeconômicos, incluindo os auxílios estendidos a todos os estudantes, como os custos relativos aos subsídios de alimentação, educação física e esporte e estágios, por exemplo.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.