Concerto da Osusp e homenagens marcam início da comemoração dos 90 anos da USP

28 instituições e pessoas que fazem parte da história da Universidade foram agraciadas com a medalha Armando de Salles Oliveira

 25/01/2024 - Publicado há 1 mês     Atualizado: 01/02/2024 as 15:52

Texto: Adriana Cruz, Michel Sitnik e
Erika Yamamoto

O reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior abriu a cerimônia que aconteceu no dia 25 de janeiro, na Sala São Paulo - Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens​​

O imponente prédio da Sala São Paulo viveu uma noite festiva no dia 25 de janeiro. Um concerto da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) marcou o início da comemoração dos 90 anos da Universidade de São Paulo.  O evento reuniu autoridades governamentais, entre eles o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva; o vice-presidente Geraldo Alckmin; o secretário Estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação, Vahan Agopyan, que representou o governador Tarcísio de Freitas; o ministro do Supremo Tribunal Federal, José Antonio Dias Toffoli; seis ministros de Estado, dentre eles o ministro da Fazenda, Fernando Haddad; além de ex-reitores, docentes, alunos e servidores da Universidade. 

“Hoje, quando celebramos os 90 da nossa Universidade de São Paulo, além da alegria, do orgulho legítimo e da confiança na potência transformadora do conhecimento, somos convidados a analisar nosso passado e a pensar nosso futuro. A grandeza da USP decorre do trabalho de excelência de gerações que pesquisaram, estudaram, ensinaram e difundiram o saber para o progresso do nosso país”, afirmou o reitor Carlos Gilberto Carlotti Junior, na abertura da cerimônia.

“A USP tem acolhido as demandas surgidas na cena social brasileira, haja vista o desenvolvimento de políticas afirmativas e inclusivas que a situam na vanguarda das universidades brasileiras e mundiais. As medidas para facilitar o acesso de estudantes das escolas públicas e de camadas sociais populares são inovadoras, bem como na diversidade e abrangência das políticas construídas”, considerou Carlotti (leia aqui a íntegra do discurso do reitor).

“Sem a ciência, a tecnologia e a inovação, não é possível ter um desenvolvimento consistente e sustentável no nosso Estado e no nosso país. O Estado de São Paulo teve uma liderança esclarecida que se preocupou com a educação e isso fez com que a USP se tornasse esse centro de excelência. Por isso eu quero agradecer, em nome do governador, a todos os professores, funcionários e alunos da USP que mantêm sempre viva essa busca incessante da qualidade”, ressaltou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado de São Paulo, Vahan Agopyan, que representou o governador Tarcísio de Freitas na cerimônia.

 

O professor Vahan Agopyan representou o Governo do Estado de São Paulo na cerimônia - Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

 

“A USP é um orgulho para os brasileiros, principalmente para os brasileiros do Estado de São Paulo. É muito bom termos uma instituição como a USP e suas coirmãs, Unesp e Unicamp, que são responsáveis não apenas pela formação de recursos humanos, mas pela formação de uma sociedade mais justa”, complementou Agopyan.

"A USP é um orgulho para os brasileiros", afirmou Agopyan - Fotos: Cecília Bastos/USP Imagens

 

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, agradeceu à USP pelos 12 presidentes formados pela Universidade e por dezenas de ministros e mentes extraordinárias que servem o Brasil. “O conhecimento é uma poderosa ferramenta. A USP mostra que, para fazer parte desse eixo do conhecimento, não é preciso ter nascido em berço de ouro. A cada dia a USP vai ficando cada vez mais com a cara do Brasil, preta, branca, indígena. A cara do povo brasileiro da periferia, que durante muitas décadas nem sonhava em entrar na USP e hoje já é metade dos alunos”, afirmou Lula.

“É uma alegria extraordinária ter a USP como parceira na condução de uma realidade melhor para todos os brasileiros, de todos os Estados, de todas as cores, de todas as raças”,  ressaltou o presidente.

A cerimônia foi marcada pela entrega da Medalha Armando de Salles Oliveira para 28 entidades e pessoas com atuação de grande relevância na parceria com a USP ao longo desses 90 anos. A condecoração foi criada em 2008 para homenagear pessoas, entidades e organizações que contribuem para a valorização institucional, cultural, social e acadêmica da Universidade e leva o nome do dirigente do Estado de São Paulo que assinou o decreto de criação da USP no ano de 1934. 

O ministro José Dias Antonio Toffoli representou o Supremo Tribunal Federal - Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

 

A relação dos homenageados foi aprovada pelo Conselho Universitário, em sessão realizada no último dia 22 de janeiro. “Quando pensamos nas comemorações do aniversário da USP, pensamos que estas deveriam ser feitas junto com a sociedade. Estes homenageados fizeram história junto com a nossa Universidade e, por isso, estão recebendo nossa maior comenda. Queremos que a sociedade participe da vida da USP”, ressaltou o reitor da USP.

28 entidades e pessoas foram agraciadas com a medalha Armando de Salles Oliveira. Fotos: José Luiz Conceição / USP Imagens

Homenageados com a medalha Armando de Salles Oliveira

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu a homenagem em nome do Governo Federal - Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

ENTIDADES ASSOCIADAS

  • Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo;
  • Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo;
  • Instituto de Pesquisas Tecnológicas;
  • Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares;
  • Instituto Butantan;
  • Marinha do Brasil;

AGÊNCIAS DE FOMENTO

  • Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior;
  • Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico;
  • Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo;
  • Financiadora de Estudos e Projetos;

SOCIEDADES CULTURAIS E CIENTÍFICAS

  • Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência;
  • Academia Brasileira de Ciências;
  • Academia de Ciências do Estado de São Paulo;
  • Academia Brasileira de Letras;
  • Academia Paulista de Letras;
  • Associação Brasileira de Imprensa;

FUNDADORES

  • Júlio de Mesquita Filho (in memoriam);
  • Fernando de Azevedo (in memoriam).

UNIVERSIDADES ESTADUAIS

  • Universidade Estadual de Campinas;
  • Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho;

ÓRGÃOS DE CONTROLE EXTERNO

  • Tribunal de Contas do Estado de São Paulo;
  • Ministério Público do Estado de São Paulo;

ÓRGÃOS DO JUDICIÁRIO

  • Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo;
  • Supremo Tribunal Federal;

ÓRGÃOS LEGISLATIVOS

  • Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo;
  • Congresso Nacional;

PODER EXECUTIVO

  • Governo do Estado de São Paulo;
  • Governo da República Federativa do Brasil.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.