Pesquisadora da Fiocruz participa de aula aberta na Saúde Pública da USP

Além de sua trajetória, Dulce Ferraz, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), falará também a respeito do seu livro que usa recursos da história em quadrinhos como ferramenta de comunicação em saúde

 Publicado: 23/04/2024
Por
Evento gratuito discute saúde coletiva, prevenção de ISTs e o uso dos quadrinhos para comunicar temas de saúde pública – Foto: Freepik

 

A Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP realizará no dia 25 de abril, às 16 horas, aula aberta com a psicóloga e doutora em Saúde Coletiva, Dulce Ferraz, analista de Gestão em Saúde da Fiocruz Brasília. A apresentação será voltada para sua trajetória de pesquisa e trabalho com foco nos processos de autoetnografia e saúde, e principalmente em uma de suas mais recentes produções, o livro 180 Graus: Minhas reviravoltas com o câncer de mama.

Dulce Ferraz – Foto: Researchgate

A aula será ministrada dentro da disciplina de Antropologia da Saúde da FSP, aplicada pelo professor do departamento, José Miguel Nieto Olivar. Na exposição, Dulce irá falar de sua experiência nas áreas de saúde coletiva e em gestão de políticas públicas de saúde, com interesse pelo estudo das intersecções entre saúde, gênero, sexualidade e direitos humanos e também de seus temas de pesquisa, que incluem a prevenção do HIV e outras Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), com foco nas particularidades de mulheres cis e transgêneros, câncer de mama e atenção humanizada ao parto e nascimento.

Medicina gráfica

O livro 180 Graus: Minhas reviravoltas com o câncer de mama, que também será tema da aula, é em formato de história em quadrinhos e está inserido no campo da Medicina Gráfica, que utiliza recursos como ilustração, infografia e HQ como ferramentas de comunicação em saúde. A obra foi realizada com a colaboração das pesquisadoras Fabiene Gama, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), e Soraya Fleischer, da Universidade de Brasília (UNB), com ilustração de Camila Sirem.

Capa do livro 180 Graus: Minhas reviravoltas com o câncer de mama – Foto: Divulgação

O livro é inspirado na vida da autora e narra a trajetória de Carol, que recebe o diagnóstico de câncer aos 36 anos.

A produção trata de questões importantes e frequentemente negligenciadas nos padrões correntes de tratamento, como o acesso à informação científica através de linguagem simples; a valorização da experiência e da escuta da paciente pelos médicos e outros profissionais de saúde; o investimento numa rede coletiva de apoio para o exercício de uma verdadeira ética do cuidado.

O evento é gratuito e será realizado na FSP: Av. Dr. Arnaldo, 715, Sala Borges Vieira (1° andar). Não é necessário inscrição.

Mais informações: (11) 3061-8100
fsp@usp.br 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.