No Brasil, nos últimos dez anos, a rede pública de saúde perdeu 40 mil leitos

São fechados seis leitos em hospitais por dia, enquanto que na rede particular essa oferta cresce

  • 214
  •  
  •  
  •  
  •  

A população brasileira aumenta, mas o número de leitos hospitalares na rede pública diminui. Nos últimos dez anos, o Brasil perdeu seis leitos de hospitais por dia. Segundo a Confederação Nacional dos Municípios, são cerca de 23 mil vagas a menos. As especialidades mais atingidas são pediatria, psiquiatria e obstetrícia.

No Sistema Único de Saúde foram fechadas mais de 40 mil vagas, 12% do número apresentado em 2008. Já a rede particular apresentou tendência inversa e ampliou a capacidade em mais de 18 mil novos leitos.

O professor Juan Rocha, do Departamento de Medicina Social da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da USP, explica esse descompasso na saúde pública.

Para finalizar, Rocha explica que “o país já vem tomando medidas políticas e assistenciais nos Estados e nos municípios para atender às pessoas que necessitam, e a cobertura ambulatorial tem aumentado muito, as estatísticas mostram isso, todos os Estados e municípios ampliam a assistência ambulatorial”. Ouça a entrevista no link acima.

  • 214
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados