Documentário expõe a fragilidade da democracia brasileira

Wisnik trata em sua coluna do filme “Democracia em Vertigem”, que considera fundamental para a compreensão da história recente do País

Guilherme Wisnik comenta aqui o documentário Democracia em Vertigem, de Petra Costa, que considera fundamental para a compreensão dos rumos do País e da sua história. Ele diz que o filme acaba com a ilusão de que o Brasil vive uma democracia sólida e que houve um movimento orquestrado para suprimir o PT do poder desde que, a partir de um determinado momento, o discurso do partido, com Dilma Rousseff à frente, passou a ser desfavorável à conjuntura econômica da época e ao consequente declínio da economia nacional. Para o colunista, o ódio e o ressentimento antipetistas se traduzem, a partir daí, numa grande farsa, o que acaba por expor a fragilidade da democracia brasileira.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna Espaço em Obra.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •