Acordo força governo brasileiro a buscar melhorias na competitividade em vários setores

“O governo e setor privado precisam fazer trabalho conjunto para crescer, reduzir desemprego e modernizar o País”, analisa o colunista

Na edição de hoje o professor Rubens Barbosa analisa o acordo de livre comércio entre o Mercosul e a União Europeia. Segundo Barbosa esse acordo se insere dentro de uma proposta mais ampla de associação política, econômica e comercial de cooperação.

O professor explica que até o momento o que foi aprovado são linhas gerais , o que não permite ainda uma análise mais específica sobre os produtos, os prazos da redução das tarifas e das regras. Esse acordo é muito importante porque põe fim ao isolamento do Mercosul. “É um acordo que força o governo brasileiro e o setor privado a buscar maneiras políticas de aumentar a competitividade”, ressalta.

Tanto o acordo do Mercosul com a União Europeia como também o da OCDE ajudará o Brasil a crescer, reduzir o desemprego e modernizar o País. É preciso haver um trabalho conjunto entre governo e setor privado para propiciar a volta do crescimento, a redução do desemprego e a modernização do país”, observa Rubens Barbosa.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •