Corredor ecológico próximo à zona urbana é favorável a abelhas e vespas

Em entrevista concedida aos Novos Cientistas, a ecóloga Paula Carolina Montagnana descreveu como realizou seu estudo no Corredor Ecológico Cantareira-Mantiqueira, próximo à cidade de São Paulo

jorusp

As abelhas e vespas que habitam a região conhecida como Corredor Ecológico Cantareira-Mantiqueira (zona norte de São Paulo) ainda estão abundantes nessa área. “Trata-se de uma boa notícias para estes insetos considerados solitários”, explicou a ecóloga Paula Carolina Montagnana, em entrevista concedida na última quinta-feira em Os Novos Cientistas.

Ela realizou um estudo na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) e constatou que, apesar da ocupação urbana, a quantidade de floresta nativa (mais de 50% da área) e a utilização diversificada das terras entre os fragmentos de Mata Atlântica são os principais fatores da preservação dos insetos. As abelhas são insetos polinizadores e as vespas, agentes de controle biológico.

Paula descreveu que se a região fosse dominada por monocultura (como a observada em diversos outros locais do Estado de São Paulo, por exemplo), as abelhas e vespas não teriam a mesma sorte para encontrar alimentos ou construir seus ninhos. “As abelhas e vespas solitárias têm autonomia de voo de cerca de 600 metros”, conta. “Isto significa que elas precisam encontrar fontes de alimentação e condições de procriação dentro de uma área que não ultrapasse esse limite.”

A ecóloga realizou seus estudos de campo na Cantareira entre 2014 e 2018, com orientação do professor Carlos Alberto Garófalo. O trabalho de doutorado pretendia verificar a influência das diferentes formas de utilização do solo na vida de abelhas e vespas solitárias. Assim, foram confeccionados e instalados em 29 pontos da região da Cantareira ninhos-armadilhas (pequenos tubos de cartolina preta e gomos de bambus) que ficaram disponíveis para essas espécies construírem seus ninhos. Paula coletou todos os ninhos-armadilhas ocupados e os levou para o Laboratório de Ecologia e Evolução de Abelhas e Vespas da FFCLRP.

 

O podcast Os Novos Cientistas vai ao ar toda quinta-feira, às 8 horas, dentro do Jornal da USP no Ar, que é apresentado diariamente pela jornalista Roxane Ré, das 7h30 às 9h30, na Rádio USP FM (93,7 MHz).

[sc name=”jornal-da-usp-no-ar-rodape”

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •