Pesquisa busca profissionais de educação física para estudo sobre saúde vocal

Podem participar da pesquisa profissionais ou estudantes de educação física que trabalham em academias há pelo menos um ano; serão realizadas oito sessões on-line de terapia vocal de 30 minutos, duas vezes por semana

 26/10/2021 - Publicado há 1 mês
Foto: Freepik

.
.
O Grupo de Pesquisa em Voz da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP está buscando voluntários para o estudo Telessaúde: Efeitos do Programa de Terapia Vocal Indireta nos Aspectos Vocais em Profissionais da Educação Física. Podem participar profissionais ou estudantes de educação física que trabalham em academias há pelo menos um ano e que tenham disponibilidade de horário para participar das sessões.

O estudo vai investigar os efeitos que orientações sobre a saúde vocal têm sobre a voz destes profissionais. Para isso, serão realizadas oito sessões de apenas 30 minutos, duas vezes por semana, no formato on-line e gratuito. Após o fim da pesquisa, o participante terá acesso a todos os seus dados que forem coletados.

Os interessados que se encaixam nos critérios da pesquisa devem preencher até o final de outubro o formulário no link  https://forms.gle/QK97P3WMuREVCzaH6, que possui tempo de preenchimento estimado em 30 minutos. No questionário inicial, constam perguntas sobre dados de identificação e perguntas gerais que estão de alguma forma relacionadas à voz. Depois, três questionários relacionados ao que o participante sente na sua voz nos últimos seis meses: Índice de Triagem de Distúrbio na Voz (ITDV), Índice de Desvantagem Vocal (IDV) e Escala de Sintomas Vocais (ESV).

O participante que for selecionado receberá o contato dos pesquisadores por e-mail ou WhatsApp e deverá ir à Clínica de Fonoaudiologia da USP em Bauru para gravar a sua voz. Na ocasião, procedimentos de biossegurança serão reforçados para garantir a segurança dos voluntários.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.