Você e o Pesquisador: uma conversa com Vanderlei Bagnato

Professor e atual diretor do Instituto de Física de São Carlos será o próximo convidado da série, nesta quarta-feira, com transmissão ao vivo pelo Canal USP do YouTube

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=370737

.

Concluir um bacharelado em física na Universidade de São Paulo (USP) já é desafio suficiente para a maioria das pessoas. Agora, imagine fazer isso enquanto cursa, ao mesmo tempo, Engenharia de Materiais na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Foi o que fez o pesquisador Vanderlei Bagnato, atual diretor do Instituto de Física de São Carlos (IFSC), da USP, e próximo convidado da série Você e o Pesquisador, que vai ao ar nesta quarta-feira, 18 de novembro, das 11h às 12h, com transmissão ao vivo pelo Canal USP do YouTube: https://youtu.be/T1D5QxB7NNo.

Bagnato se formou nas duas universidades, em 1981, depois foi para Cambridge, nos Estados Unidos, fazer doutorado no Massachusetts Institute of Technology (MIT), para se tornar um dos pioneiros no emergente campo de resfriamento e aprisionamento de átomos. De volta ao Brasil, ele ainda incorporou outro grande tema ao seu leque de pesquisas: a saúde — mais especificamente, a aplicação de técnicas da fotônica ao tratamento do câncer de pele e ao controle de microrganismos.

Hoje, aos 62 anos, Bagnato é um dos cientistas mais produtivos e premiados do Brasil, com cerca de 700 trabalhos publicados em revistas científicas, além de um longo histórico de contribuições para a inovação tecnológica e difusão da ciência no País.

A série Você e o Pesquisador é uma iniciativa da Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, vinculada à exposição virtual Você e a USP – A Universidade de São Paulo sempre presente na sua vida, que busca mostrar a contribuição e o impacto das pesquisas científicas produzidas pela USP para a sociedade brasileira ao longo dos anos. As entrevistas acontecem a cada 15 dias e as gravações ficam disponíveis no Canal USP.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.