USP participa de Marcha Virtual em defesa da ciência

Evento acontece ao longo do dia 7 de maio com debates on-line e ações nas redes sociais; todos podem participar

06/05/2020

Uma grande manifestação nacional para mostrar a importância da ciência no enfrentamento da pandemia de covid-19 e para reforçar a luta por recursos adequados para o desenvolvimento da ciência e da tecnologia no País. Esse é o objetivo da Marcha Virtual pela Ciência, organizada pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que terá várias atividades pela internet ao longo do dia 7 de maio, além de eventos on-line de entidades científicas e universidades de todo o Brasil.

A USP vai participar da Marcha em suas redes sociais, divulgando vídeos de seus pesquisadores e dirigentes que falarão da importância da ciência e do isolamento social na pandemia, sobre a necessidade de orçamento adequado para as pesquisas e ainda a respeito da contribuição de estudos que estão em desenvolvimento. A Universidade também vai participar em duas ondas de “tuitaços” no dia, uma às 12h e outra às 18h, divulgando as hashtags #paCTopelavida e #fiqueemcasacomaciência. O objetivo é levar as reivindicações da manifestação aos trending topics (assuntos mais falados do dia) do Twitter.

A Pró-Reitoria de Pesquisa organizou uma edição especial do USP Talks, evento que apresenta temas importantes de ciência para o público, que terá transmissão ao vivo pelo Canal USP no YouTube, às 14 horas. Com o tema Ciência x coronavírus: como vencer a pandemia, esta edição terá cinco cientistas renomados da Universidade, que trabalham ativamente na luta contra a covid-19, para conversar sobre os desafios, ameaças e possíveis soluções para a pandemia no Brasil. Os participantes são Esper Kallás, Ester Sabino, Jorge Kalil e Paulo Saldiva, todos da Faculdade de Medicina da USP, além de Paola Minoprio, coordenadora da Plataforma Científica Pasteur-USP. A moderação será realizada pelo repórter do Jornal da USP, Herton Escobar. Veja aqui mais detalhes sobre a edição especial do USP Talks.

Para quem não conseguiu acompanhar a transmissão ao vivo, também é possível assistir ao primeiro Webinar Ciência USP, realizado nesta quarta, dia 6, e organizado pelo Ciência USP, selo de divulgação científica do Jornal da USP. No evento a jornalista Luiza Caires recebeu os médicos da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP) Frederico Fernandes e Silvia Vidal, que abordaram os desafios que a covid-19 trouxe para a medicina, tanto do ponto de vista clínico, no atendimento de pacientes, como da saúde pública, incluindo a prevenção e os registros epidemiológicos. O vídeo está neste link do Canal USP no YouTube.

Compromisso da universidade pública

O pró-reitor de pesquisa da USP, Sylvio Canuto, ressalta o papel essencial da ciência neste momento de crise: “A ciência contribui tanto com pesquisas em temas de saúde que são esperados pelo cidadão, quanto em desenvolvimentos de modelos matemáticos para entender a propagação do vírus e no esforço para atendimento psicológico à população. Sem esquecer que a pandemia vai passar e precisamos estar prontos para atuar na fase pós-pandemia, sabendo que carecemos de desenvolvimento nas áreas de economia e gestão, de modelos sociais e mudanças induzidas na sociedade e os possíveis impactos na educação e outros tópicos relevantes”, destaca o pró-reitor.

Pró-reitor de Pesquisa -
Sylvio Roberto Accioly Canuto - Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Pró-reitor de Pesquisa da USP, Sylvio Canuto - Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Para Canuto, a universidade pública brasileira tem mostrado sua competência e seu compromisso com a sociedade. Ele cita o exemplo dos nove Estados do Nordeste que contam com o auxílio de um comitê científico liderado por cientistas da região e participação essencial das universidades públicas. “Em São Paulo, o governador tem enfatizado a importância das pesquisas realizadas nas universidades estaduais públicas. A USP não tem faltado à sociedade e pode fazer ainda mais, por isso criou um programa para doações, o USP Vida. Esse é um esforço de toda a sociedade”, explica.

A Marcha Virtual também pretende reiterar os termos do Pacto pela vida e pelo Brasil, documento publicado em abril com apoio de mais de uma centena instituições e associações, que pede “união de toda a sociedade, solidariedade e conduta ética e transparente do governo que tomem por base as orientações da ciência e dos organismos nacionais e internacionais de saúde pública no enfrentamento da pandemia de coronavírus”, conforme divulgado pela SBPC.

 

A USP no enfrentamento da pandemia

O pró-reitor de pesquisa da USP, Sylvio Canuto, acredita que está havendo um reconhecimento da sociedade sobre as ações da Universidade contra a covid-19. “Há um desenvolvimento marcante realizado pela USP, embora deva ser reconhecido que essa pandemia é um desafio mundial que ainda vai demandar esforços e cuidados por um bom tempo. Muitos dos sucessos obtidos em nossa universidade foram publicados no Jornal da USP“, diz ele. (Clique no quadro “leia mais”)

Canuto também destaca que há cerca de 200 projetos de pesquisa que estão em desenvolvimento na USP dedicados de uma forma ou outra à covid-19. “Isso envolve desde grupos que têm a temática de pesquisa relacionada ao vírus, como produção de vacinas, medicamentos, diagnóstico, atendimento hospitalar, estudos de antivirais etc. Mas envolve também outros grupos que flexibilizaram suas linhas de pesquisa para se dedicarem a este enorme desafio mundial”, explica. Outra atuação importante é a estrutura da Universidade em pesquisa e atendimento hospitalar. “O Hospital das Clínicas da FMUSP está na frente de batalha tanto em atendimento aos acometidos pela covid-19 mas também em pesquisa científica avançada.” 

Ele ressalta sucessos alcançados, como no caso dos ventiladores pulmonares já testados e de baixo custo, a produção de máscaras de proteção utilizando tecnologia alternativa, o avanço dos estudos na busca de vacinas e possíveis remédios, além da criação de esterilizadores de radiação ultravioleta. Na área de diagnósticos, a USP se destaca com bases instaladas em seus hospitais e centros de pesquisa, tanto na capital, como no interior do Estado de São Paulo.

Entre outras frentes, Canuto ainda coloca em evidência as ações mais recentes, como o trabalho do Instituto de Medicina Tropical da USP, com testagem domiciliar da população; a criação de uma câmara de ozônio para descontaminação de equipamentos de proteção individual; o desenvolvimento de um biobanco de tecidos das vítimas da covid-19; e uma pesquisa, com destaque internacional, de tratamento com anticoagulantes.

Como participar da Marcha Virtual pela Ciência

DIA 7 de MAIO de 2020

Acompanhe as redes sociais da USP (clique nos links abaixo)

Tuitaço

às 12h e às 18h

Poste no Twitter as hashtags:

#paCTopelavida

#fiqueemcasacomaciência

programação geral da sbpc

Vídeos nas redes sociais

1. grave com o celular um vídeo curto, de até dois minutos, falando sobre um dos seguintes temas:

- importância da ciência e do isolamento social na pandemia

- o orçamento para a ciência e os benefícios que teríamos hoje se fossem mais adequados

- a contribuição da pesquisa que você desenvolve (no caso de ser pesquisador)

2. publique o vídeo nas suas redes sociais junto com as hashtags

#paCTopelavida

#fiqueemcasacomaciência

manifestação virtual

1. acesse manif.app

2. clique no botão "manifestar-se". Seu avatar, de cor vermelha, aparece no mapa

3. arraste seu boneco no mapa até a manifestação em frente ao Congresso Nacional, em Brasília (DF)

* Se quiser segurar um cartaz, escreva seu recado no campo de slogan no topo, do lado esquerdo da tela

* A vida do avatar é de 24 horas. Para prorrogá-la, mude o seu slogan ou posição antes do final das 24 horas de sua criação

* Para acompanhar o número de manifestantes, clique sempre em "atualizar" no topo da tela

eventos da usp

usp talks

conectando universidade e sociedade

Ciência x coronavírus:
como vencer a pandemia

Moderação: Herton Escobar

Evento on-line

febrace conversa

com professores que coordenam o Projeto do Ventilador Pulmonar Inspire

O uso do método de engenharia na busca por soluções na área da saúde

Evento on-line

febrace entrevista

A importância de uma educação de qualidade para preparar indivíduos para enfrentar os desafios da sociedade e o papel das Feiras de Ciências na formação de talentos em C&T&E

Evento on-line

Confira algumas mensagens de pesquisadores da USP