USP e governo de São Paulo fazem parceria para ampliar produções sobre 22

Atividades e eventos relacionados ao Ciclo22 serão divulgados no portal Agenda Tarsila, criado pela administração estadual para promover projetos sobre a Semana de 22

 14/04/2022 - Publicado há 4 meses  Atualizado: 18/04/2022 as 19:38
Arte sobre foto / Agenda Tarsila

.
Programação cultural; fomento para projetos; guias on-line sobre atividades relacionadas ao centenário da Semana de Arte Moderna. Assim pode ser definido o programa
Modernismo Hoje, criado pelo governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa em parceria com a Secretaria de Turismo e Viagens.

O projeto fez parceria com o portal Ciclo22 da USP na busca de difundir ainda mais as produções voltadas ao tema. Atividades e eventos da Universidade sobre o centenário de 1922, por exemplo, serão divulgados no âmbito do site Agenda Tarsila, site que faz parte do programa estadual e é gerido pela Organização Social Amigos da Arte.

Andreia Vigo, coordenadora do programa Modernismo Hoje e porta-voz da Agenda Tarsila – Foto: Arquivo pessoal

O objetivo específico da Agenda Tarsila, braço fundamental do programa Modernismo Hoje, é potencializar o acesso da população às atividades e ser um espaço de difusão de conhecimento sobre a Semana de 22 e o Modernismo”, disse Andreia Vigo, coordenadora do programa Modernismo Hoje e porta-voz da Agenda Tarsila.

A plataforma, que foi lançada em setembro de 2021, já compilou mais de 600 atividades on-line e presenciais, além de ter alcançado público de mais de 15 milhões de pessoas nas redes sociais, conforme afirmou Andreia Vigo. 

Para ela, a parceria da USP com o programa estadual é uma oportunidade de ampliar conhecimentos. “Na Agenda Tarsila, temos uma linha do tempo que apresenta um panorama do Modernismo antes, durante e depois da Semana de 22. O Ciclo22 enriquece ainda mais esta parte e amplia a reflexão ao projetar desafios e perspectivas para o Brasil dos próximos 100 anos”, destacou, se referindo ao link que foi colocado na linha do tempo, no ano de 2022, para levar os usuários ao site do Ciclo22.

Exposição Portinari – Foto: Divulgação/MIS

.

Confira o que pode ser encontrado no site Agenda Tarsila:

Atividades on-line e presenciais: Na aba Programação os usuários têm acesso aos diversos tipos de projetos culturais e artísticos relacionados ao Modernismo que acontecem pelo Estado. A busca pode ser feita a partir de filtros como atividades presenciais ou on-line, local, data, palavra-chave e segmento cultural.

Exemplos de eventos são: exposição interativa Portinari Para Todos, que acontece no MIS Experience (Museu da Imagem e do Som) até 10 de julho, e conta com mais de 150 pinturas de Cândido Portinari; e o ciclo de concertos Clássicos Modernistas, executado pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) na Sala São Paulo, que apresenta 122 obras de compositores influenciados pelo Modernismo. O evento acontece até 18 de dezembro. 

Informações e curiosidades: Além de compilar notícias, a plataforma reúne curiosidades sobre os temas de 22 e o Modernismo brasileiro. Há, por exemplo, uma Linha do Tempo que demonstra o percurso seguido pelos primeiros modernistas até a chegada da Semana de Arte Moderna, em 1922, e o que se seguiu após o evento até os dias atuais.

Entrevistas: O site produz entrevistas exclusivas com familiares, artistas contemporâneos relacionados e pesquisadores dos principais nomes que formaram o Movimento Modernista, além de trazer novidades sobre o tema. A professora Diana Vidal, coordenadora do Ciclo22 e diretora do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, por exemplo, falou à Agenda Tarsila sobre o conteúdo produzido pela Universidade. Confira a matéria clicando no link.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.