Trabalhadores do agronegócio vão contar com laboratórios da USP para diagnóstico de covid-19

Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz viabiliza parceria entre empresas do setor e laboratórios da USP e da Embrapa; pacientes da rede pública também serão atendidos

Parceria entre laboratórios fará testes de diagnóstico da covid-19 em trabalhadores do agronegócio – Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

.
Trabalhadores do setor do agronegócio, principalmente das linhas de produção e distribuição de alimentos, são essenciais para manter o abastecimento em tempos de pandemia. Pensando na vulnerabilidade dessas pessoas, que pela impossibilidade de isolamento estão mais expostas à contaminação pelo coronavírus, foi criada a campanha Fealq Pela Vida que oferece diagnósticos da covid-19 para trabalhadores do agronegócio e capta recursos para exames de pacientes da rede pública de saúde.

A iniciativa é da Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz (Fealq) da USP, em Piracicaba, que conta com os pesquisadores e laboratórios da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq) e do Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) para realização dos testes. O trabalho tem ainda o envolvimento de prefeituras e outras unidades da USP e da Embrapa Pecuária Sudeste.

A campanha conta com três laboratórios e a capacidade para realizar até 570 testes diários. Os exames são viabilizados de duas formas: a primeira pela contratação do “Teste Solidário”, quando a organização adquire uma quantidade de diagnósticos e doa um percentual para testes de pacientes da rede pública. A outra forma é a doação de recursos, que pode ser feita por depósito bancário e depois é repassada pela Fealq para os laboratórios. O doador também pode direcionar sua contribuição a uma das instituições participantes.

Nesse processo, além de promover a campanha, a Fealq é reponsável pelos contratos entre os laboratórios e as organizações que precisam dos diagnósticos, que podem ser da iniciativa privada, de associações e também prefeituras. Além da Esalq e do Cena, também participa do projeto a unidade da Embrapa Pecuária Sudeste, em São Carlos. A Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA) da USP, em Pirassununga, já realiza exames a preço de custo para prefeituras paulistas, também em parceria com a Fealq.

“Como fundação, temos um papel social a cumprir e não poderíamos ficar de braços cruzados em meio à crise que o novo coronavírus tem provocado e que atinge tanto a vida das pessoas, quanto a economia e o nosso frágil sistema de saúde. Acredito que junto à Esalq, Cena, FZEA e Embrapa, e com apoio do agronegócio, podemos superar mais rapidamente os desafios da pandemia”, afirmou Nelson Sidnei Massola Júnior, diretor-presidente da Fealq e professor associado do Departamento de Fitopatologia e Nematologia da Esalq.

A Fundação de Estudos Agrários Luiz de Queiroz é uma entidade de direto privado, sem fins lucrativos, ligada à USP, que existe há 43 anos, oferecendo serviços de amparo à pesquisa científica e ao ensino na área de ciências agrárias.

Mais informações no site www.fealq.org.br/pelavida.

.
Com informações de Araripe Castilho / Fealq
.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.