Tem livros para doar? Alunos da USP querem construir biblioteca na periferia de Diadema

Biblioteca será construída na Favela Sítio Joaninha; projeto recebe doações até o final de agosto

 12/08/2021 - Publicado há 4 meses  Atualizado: 16/08/2021 as 13:14
Por
Campanha de alunos da USP arrecada livros para biblioteca que será construída na Favela Sítio Joaninha – Arte sobre foto / Freepik e Rede Cultural Beija-Flor

.
Quem mora na cidade de São Paulo e região metropolitana e não sabe o que fazer com os livros parados na estante pode encontrar um bom destino para eles: a nova biblioteca que será construída na
ONG Rede Cultural Beija-Flor, em sua unidade da favela Sítio Joaninha, em Diadema. Alunos da USP estão arrecadando livros durante todo o mês de agosto para compor a biblioteca. 

O projeto Uma Biblioteca Para a Beija-Flor é uma iniciativa da FEA Cultural, entidade criada por alunos da Faculdade de Economia e Administração da USP (FEA), em conjunto com a ONG. Na primeira fase do projeto, os estudantes estabeleceram parcerias com editoras e distribuidoras de livros, que doaram os primeiros exemplares para a biblioteca. Nesta segunda fase, a FEA Social e o Cursinho FEA USP, também entidades universitárias, entraram como parceiros no projeto para a campanha de arrecadação de livros com a população de São Paulo.

A biblioteca será voltada principalmente para jovens e crianças de Sítio Joaninha, mas também visa suas famílias. Por isso, livros para adultos são bem-vindos.

Uma Biblioteca Para a Beija-Flor, projeto da FEA Cultural, recebe doações de livros durante todo o mês de agosto – Imagem: Reprodução/FEA Cultural

Como doar

Mapa dos pontos de coleta de livros – Imagem: Reprodução/FEA Cultural

.
Os livros podem ser entregues nos diversos pontos de coleta na cidade de São Paulo e entorno. Quem não puder se deslocar até algum dos locais pode solicitar que os voluntários retirem os livros na casa do doador, dependendo da disponibilidade da equipe e localização. Confira os pontos e o formulário para doar:

  • Alto da Lapa, 05086-010
  • Alto de Pinheiros/Pinheiros, 05446-050
  • Alto de Pinheiros, 05455-040
  • Bela Aliança/Vila Leopoldina, 05088-000
  • Belenzinho, 03062-000
  • Boaçava, 05469-040
  • Butantã, 05590-100
  • Butantã, 05533-000
  • Campo Belo, 04618-003
  • Cerqueira César, 01419-001
  • Cerqueira César, 01414-000
  • Consolação, 01302-001
  • Jardim Olympia, 05542-000
  • Jardim Panorama/Morumbi, 05679-165
  • Jardim Paulista, 01423-020
  • Jardim Paulistano, 01440-010
  • Jardim Nordeste, 03691-000
  • Osasco KM 18, 1806190-150
  • Mooca, 03114-000
  • Mooca, 03127-200
  • Morumbi/Paraisópolis, 05642-000
  • Perdizes, 05016-000
  • Pimentas/Guarulhos, 07210-380
  • Pinheiros, 05412-001
  • Vila Terezinha/Carapicuíba, 06311-050
  • Tatuapé, 03333-000
  • Tatuapé, 03336-010
  • Vila Indiana, 5586-903
  • Vila Madalena, 05450-000
  • Vila Madalena, 05447-060
  • Vila Mariana, 04126-000
  • Vila Nova Conceição, 4508-010
  • Vila Pauliceia, 02301-100
  • Vila Pompeia, 05024-030
  • Vila São Silvestre, 05386-360

.
FEA Cultural

Maria Luiza Pires, membro da gestão da FEA Cultural – Imagem: arquivo pessoal

A entidade foi criada por alunos da FEA, mas hoje conta com voluntários de diversos institutos da USP e até de outras universidades. Seu objetivo é o “desenvolvimento da comunidade por meio do incentivo ao conhecimento das artes, realizando diversos projetos educacionais, sociais e culturais”, conta Maria Luiza Pires, diretora da área de gestão de pessoas. “Somos uma entidade relativamente nova se comparado às outras que existem na USP, mas nesse meio-tempo já conseguimos promover diversas iniciativas, como a Ação Literária, em que arrecadamos fundos para a Rede Cultural Beija-Flor no ano passado, e a Rifa Solidária.”

Atualmente, além da construção da biblioteca em Sítio Joaninha, os estudantes tocam o projeto Pequeno Artista, com a venda de rifas de um fone de ouvido AirDots 3 para financiar kits de materiais de artes para 150 crianças com idades de 4 a 13 anos.

A FEA Cultural também promove um clube de leitura com encontros mensais, e produz o podcast Culturalismos e Para o seu dia, poesia

Instagram | Linktree | Facebook | Twitter


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.