Tecidoteca da USP ajuda na formação de alunos e pesquisadores

Espaço pode ser visitado pelo público, que tem acesso ao acervo de tecidos, botões, fios, aviamentos e fibras

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Foto: Assessoria de imprensa da EACH
Fotos: Gabriel Almeida / Assessoria de Imprensa da EACH

.

Nem só de livros, revistas e outros papéis é constituída uma biblioteca. Na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP, há um acervo de tecidos, botões, fios, aviamentos, fibras e afins, formando uma tecidoteca. São cerca de 3,4 mil itens à disposição do público, principalmente, estudantes e pesquisadores do curso de bacharelado em Têxtil e Moda da EACH.

A tecidoteca funciona como uma complementação educacional para os alunos, que podem realizar pesquisas de iniciação científica a pós-graduação e aprender com os recursos disponíveis. “Normalmente, os cursos de moda têm suas tecidotecas, tecitecas ou modatecas próprias para o curso. No entanto, aqui na EACH estamos ligados à biblioteca, o que amplia o acesso aos alunos que não são do curso [de Têxtil e Moda]”, explica Maurício de Campos Araújo, professor responsável pelo espaço. Além disso, segundo Araújo, a ligação direta com a biblioteca atrai até mesmo alguns interessados de outros campi.

Criado em 2005, o acervo é composto de doações de empresas da área têxtil e dos próprios alunos e professores da unidade. A coleção inclui bandeiras de tecidos planos, bandeiras de malharia, catálogos de empresas têxteis, além de aviamentos e fibras. A organização das informações e a preservação do acervo são feitas pela equipe da biblioteca da EACH. O professor Araújo orienta a equipe na análise técnica dos materiais, que é executada por alunos do curso de Têxtil e Moda – uma atividade que complementa e enriquece a formação dos estudantes.

.

Foto: Assessoria de imprensa da EACH
Estagiárias da tecidoteca manuseiam o acervo – Fotos: Gabriel Almeida / Assessoria de Imprensa da EACH

.

A importância de um espaço como este é muito grande para os alunos, professores e pesquisadores, pois permite a eles conhecer e discernir diferentes tecidos, tipos de fio e afins. Nesse quesito, a tecidoteca da EACH possui um diferencial, que é não somente catalogar e disponibilizar os dados das amostras, como também permitir que todos possam ter contato direto com elas.

Além disso, o local fornece ferramentas de pesquisa para estudiosos da área e proporciona economia de tempo e maior organização por parte da Universidade em relação aos temas que foram ali desenvolvidos em pesquisas. Segundo Analucia Recine, bibliotecária de referência da tecidoteca, o espaço possui uma memória completa dos trabalhos de têxtil e moda desenvolvidos, o que permite uma melhor orientação para quando pesquisadores forem iniciar novos trabalhos e verificar o que foi feito até então.
.

Foto: Assessoria de imprensa da EACH
Fotos: Gabriel Almeida / Assessoria de Imprensa da EACH

.
“Quando o pesquisador chega aqui [na tecidoteca], ele tem acesso ao que já tivemos como objeto de pesquisa e pode continuar uma linha ou se aproveitar de uma delas para começar um novo trabalho. Assim, além de criar uma memória histórica, temos como continuar linhas de pesquisas e manter um trabalho continuado de melhora”, afirma Analucia, ao lembrar que principalmente as iniciações científicas se perdem com o tempo.

Além de sua contribuição para a formação de alunos, aulas de professores e recursos de suporte aos pesquisadores, a tecidoteca exerce um interessante papel de extensão. Como único espaço do gênero em São Paulo que permite ao visitante ter contato com o tecido, os botões e todo o acervo, a tecidoteca da EACH permite uma maior interação do interessado com os objetos em visitas que podem ser agendadas pelo telefone (11) 3091-8196 ou pelo email bibatende-each@usp.br..

Nos próximos anos, a tecidoteca espera seguir ampliando seu acervo por meio de parcerias e ajudando na formação de profissionais e pesquisadores. Para conhecer um pouco melhor seu trabalho, confira as imagens a seguir e conheça o projeto pelo site.

.

slide
Exposição de ações da Tecidoteca em manequim - Foto: Gabriel Almeida / Assessoria de Imprensa da EACH
slide
Placa de recepção aos visitantes da biblioteca e tecidoteca da EACH - Foto: Divulgação
slide
Paleta com diferentes tipos de tecidos e cores - Foto: Divulgação
slide
Amostra de material da tecidoteca exposto ao público - Foto: Divulgação
slide
Catálogo de botões da tecidoteca - Foto: Divulgação
slide
Alguns livros usados por estudantes, estagiários professores do curso de Têxtil e Moda - Foto: Divulgação
Prev
Next

 

.

A Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP fica localizada na rua Arlindo Bettio, 1000, no bairro Vila Guaraciaba, na zona leste de São Paulo.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados