Supera Incubadora realiza processo seletivo para novas startups

Incubadora da USP em Ribeirão Preto recebe inscrições até 31 de agosto

As áreas prioritárias da incubadora são: biotecnologia, educação, serviços financeiros, serviços de saúde, serviços de TI, dispositivos e equipamentos médicos, software, agronegócio e negócios de impacto na área da saúde – Foto: Divulgação/Supera

.
Empreendedores que buscam apoio para desenvolver um negócio de base tecnológica têm até o dia 31 de agosto para se inscrever no processo seletivo da Supera Incubadora de Empresas de Base Tecnológica, sediada no
Supera Parque de Inovação e Tecnologia de Ribeirão Preto. A incubadora existe desde 2003 e oferece uma série de benefícios: desde sala de uso compartilhado para instalação do empreendedor até consultorias e organização de ações para apresentação de projeto para investidores. As inscrições devem ser feitas pelo site

Saulo Rodrigues é o gerente da incubadora e explica que o principal objetivo é fornecer as ferramentas e soluções para a criação, desenvolvimento e aprimoramento de empresas, no que se refere aos aspectos tecnológicos, gerenciais, mercadológicos e de recursos humanos.

Buscamos projetos que baseiam seus produtos e serviços no domínio intensivo do conhecimento científico e tecnológico, e que contem com uma equipe qualificada para o desenvolvimento da solução”, diz

As áreas prioritárias da Supera Incubadora são: biotecnologia, educação, serviços financeiros, serviços de saúde, serviços de TI, dispositivos e equipamentos médicos, software, agronegócio e negócios de impacto na área da saúde. “Podem se inscrever, por exemplo, spin-offs universitárias, negócios desenvolvidos no meio produtivo e empresarial, ou outros projetos que tenham como objetivo resolver gargalos do dia a dia”, explica.

Processo seletivo

O Supera Parque, instalado no campus da USP em Ribeirão Preto – Foto: Supera Parque

A participação no processo seletivo da Supera Incubadora acontece em etapas. A primeira delas é a inscrição, onde serão avaliados o alinhamento do projeto proposto com os objetivos da incubadora, o caráter inovador e a equipe desenvolvedora. “Trata-se de uma etapa de caráter eliminatório, sendo que cada equipe poderá submeter apenas uma proposta por edital”, alerta Rodrigues.

Os aprovados na primeira etapa serão divulgados no dia 9 de setembro e, para seguir no processo, deverão realizar o pagamento de uma taxa de R$ 260.

Na segunda etapa, os empreendedores passam por entrevistas: comportamental, que tem o objetivo de traçar o perfil e a trajetória de cada participante; de negócios, para entender o empreendimento e qual o papel de cada sócio dentro da empresa, sendo também uma etapa eliminatória.

A terceira etapa consiste no Workshop Supera de Modelagem de Negócios, com conteúdo preparatório para a apresentação à banca avaliadora. Depois, é realizada a submissão final das propostas, que serão avaliadas pela banca que compõe o Demoday.

O Demoday, por sua vez, será a última etapa do processo seletivo e é o momento em que os candidatos apresentam suas propostas para a banca avaliadora, composta de especialistas, consultores, empreendedores e pelo Conselho Consultivo da Supera.

Benefícios oferecidos aos empreendedores

Além da sala compartilhada para instalação da startup, a Supera Incubadora oferece orientação na elaboração do plano estratégico e na reestruturação do modelo de negócios; estrutura de suporte administrativo compartilhado; orientação em gestão empresarial: gestão de pessoas, gestão financeira e custos, marketing, planejamento, administração geral, produção, gestão de tecnologia etc.

Oferece ainda suporte para a elaboração de projetos para captação de recursos junto às agências de fomento; orientação quanto ao registro de propriedade intelectual; e consultoria e organização de ações para apresentação do projeto a investidores em geral.

Mais informações: site http://superaparque.com.br/sites/jornada/

Ana Cunha / Assessoria do Supera Parque

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •