Jornal da USP alcança 39 milhões de páginas vistas

Desde a migração do formato impresso para o digital, ocorrida em maio de 2016, o Jornal da USP já teve 39 milhões de páginas visualizadas. Apenas em 2018, foram 15,5 milhões de páginas acessadas por quase 6 milhões de usuários de todo o Brasil e exterior.

O conteúdo é totalmente dedicado aos assuntos relacionados à Universidade, informando o público sobre pesquisas científicas, atividades culturais, serviços à comunidade e vestibular, além de trazer a análise de especialistas sobre temas de interesse da sociedade, seja em forma de artigos ou entrevistas.

A divulgação da ciência e tecnologia tem um destaque especial no Jornal, já que a USP é uma universidade de pesquisa, responsável por  20% do conhecimento científico realizado no Brasil. Daí a importância do público ter acesso a essa produção. 

Mas nosso conteúdo vai além: o Jornal da USP acompanha os acontecimentos mais relevantes do cotidiano, discutindo cada um deles com os especialistas da Universidade, em reportagens e artigos. São exemplos disso as matérias sobre os 30 anos da Constituição Brasileira e sobre os desafios da Educação, além do especial que discutiu os 50 anos de 1968, e as repercussões sobre o caso Marielle Franco e a greve dos caminhoneiros.

O Jornal da USP é produzido pela Superintendência de Comunicação Social com o apoio das áreas de comunicação das unidades, institutos, museus e prefeituras dos campi de toda a Universidade, distribuídos nas cidades de São Paulo, Ribeirão Preto, São Carlos, Bauru, Piracicaba, Pirassununga, Lorena, Santos e São Sebastião. Há também textos reproduzidos da Agência Fapesp. 

As publicações em texto, infografia e audiovisual têm acesso totalmente gratuito e podem ser compartilhadas por qualquer pessoa, empresa, ou veículo de comunicação, bastando citar a fonte. Além do site, as notícias estão na Rádio USP, WhatsApp, Facebook, Twitter, YouTube, LinkedIn e Instagram.

Seções do Jornal da USP

Produção científica realizada pela USP - em todas as áreas do conhecimento - e seus desdobramentos

Projetos e pesquisas que buscam trazer soluções para empresas, governos, terceiro setor e a sociedade em geral

Estudos, debates e análises sobre os desafios do ensino básico, fundamental, médio e superior

Música, teatro, exposições e toda a produção cultural e artística realizada na USP e por sua comunidade interna

Traz especialistas da USP para esclarecer, dar seu ponto de vista, e mesmo explicar questões em debate na sociedade

Assuntos sobre o cotidiano universitário, que engloba desde o vestibular a projetos de atendimento à comunidade

Divulgação de portarias, decisões e determinações da Reitoria, entre outros temas da política da Universidade

Textos com análises e opiniões de pesquisadores, professores e alunos da comunidade USP

Como acompanhar as notícias sobre a USP

Notícias sobre ciências

Há canais específicos para quem prefere conteúdo relacionado somente às pesquisas desenvolvidas na Universidade: é o Ciência USP

Para quem quer um resumo das notícias

Assine o boletim e receba de segunda a sexta-feira, no seu e-mail, as notícias mais relevantes do Jornal da USP

Para receber o boletim do Jornal da USP, é preciso:

  1. Adicionar nosso número, +55 (11) 99603-4190, aos seus contatos.
  2. Envie uma mensagem para esse número, informando seu nome e sobrenome.
  3. Clique aqui e envie a mensagem pela interface web do WhatstApp

Convênios

As notícias produzidas pelo Jornal da USP são de livre acesso e podem ser reproduzidas, desde que creditada a fonte. A partir de 2017, elas passaram a ser disponibilizadas aos leitores do portal do Estado de S. Paulo. A ação é uma parceria entre os veículos para ampliar a divulgação do conhecimento gerado na Universidade.

Desde 2018, o conteúdo do Jornal da USP está disponível no Maxpress, uma ferramenta para relacionamento com a imprensa, utilizada por jornalistas e veículos de comunicação de todo o Brasil.

.

Quem acompanha as notícias da USP e de quais assuntos gostam*

www.jornal.usp.br

Páginas visualizadas

15,5

MILHÕES

Usuários

5,9

MILHÕES

Quem mais lê as reportagens

62,9%

Mulheres

Origem dos acessos

Maioria é do Brasil 93%

2º lugar – Estados Unidos 141,6 mil usuários

3º lugar – Portugal 61 mil usuários

No Brasil, a origem dos usuários é de​

São Paulo 51,5%

2º lugar – Rio de Janeiro

3º lugar – Minas Gerais

O que mais leram

USP

176 mil seguidores

USP

464 mil seguidores

Topo