Projeto Meninas na Poli incentiva ingresso de alunas do ensino médio na carreira de engenharia

Evento on-line e gratuito idealizado pela Escola Politécnica (Poli) da USP busca aumentar presença feminina nos cursos de engenharia

 25/08/2021 - Publicado há 3 meses  Atualizado: 31/08/2021 as 16:09
Por
Foto: prostooleh / Freepik

 

O aumento da participação das mulheres nas faculdades de engenharia vem crescendo mais a cada ano, mas estes ambientes ainda costumam ser majoritariamente ocupados por homens. Na Escola Politécnica (Poli) da USP, as mulheres representam menos de 20% dos alunos da graduação e menos de 15% do corpo docente.

Desse cenário, as entidades acadêmicas da Poli, juntamente com a diretora Liedi Bernucci, viram a necessidade de criar um projeto que incentivasse o interesse das meninas pela engenharia: assim surgiu o “Meninas na Poli”, com a proposta de aproximar estudantes do ensino médio à Universidade.

O evento acontece de forma virtual nos dias 2, 3 e 4 de setembro e contará com uma série de palestras sobre os cursos da Poli e a presença feminina nas ciências exatas. Também será ofertada uma oficina de introdução à programação, em que as participantes poderão colocar em prática o que aprenderam durante as apresentações. Ao final, serão entregues certificados.

Meninas de qualquer idade que estejam cursando o ensino médio em escola pública podem participar. O primeiro dia do evento será transmitido pelo YouTube e aberto ao público. Já as oficinas terão um número restrito de participantes e o critério de seleção incluirá a disponibilidade de infraestrutura para acompanhar o workshop (como o acesso a um notebook ou computador), além da ordem de inscrição, que pode ser feita por meio deste link, até o dia 31 de agosto.

Cronograma

02/09 (quinta-feira) às 17h – Palestras e Apresentações das Engenharias da Poli

03/09 (sexta-feira) às 19h – Atividade participativa

04/09 (sábado) às 17h – Entrega de Certificados e Encerramento

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.