Professores de escolas públicas se reúnem na USP para discutir práticas pedagógicas

O 12º Encontro USP-Escola promove palestras e atividades culturais para mais de 300 professores da rede pública de ensino de São Paulo

Por - Editorias: Universidade, Extensão
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Oficinas e cursos do 11º Encontro USP-Escola – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola
Oficinas e cursos do 11º Encontro USP-Escola – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola

Qual o novo papel do professor, no mundo em que a informação está ao “alcance da mão” de toda criança e todo jovem? Nesse novo papel, que envolve crianças e jovens imersos na tecnologia e bombardeados por informações, qual a forma de trabalhar na sala de aula e na escola? Essas indagações levaram professores da USP, sob a liderança de seu Instituto de Física (IF), a construir os projetos Encontro USP-Escola e Vivendo a USP, a partir de 2011, voltados para as escolas públicas de São Paulo.

“A colaboração entre a USP e a escola pública é uma decorrência natural do envolvimento da Universidade com a tarefa da formação de professores, em todas as áreas do conhecimento. Na formação do professor, assim como na dos profissionais da saúde, não pode faltar o componente de formação prática, ou corremos o risco de formarmos professores incapazes de lidar com a realidade da sala de aula”, disse a professora Vera Bohomoletz Henriques, do Instituto de Física (IF) da USP, coordenadora do Encontro USP-Escola.

Ela complementa que “se na saúde essa formação prática se dá de forma integrada, nos hospitais-escola e nos centros de saúde–escola, no caso da educação essa parceria entre a instituição acadêmica e a instituição responsável pela educação básica ainda é um processo em construção. Por outro lado, na era da informação, a educação básica passa por um desafio que é global e que vem sendo objeto de investigação e de novas proposições no mundo todo”.

Oficinas e cursos do 11º Encontro USP-Escola – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola
Professores da rede pública de São Paulo participam de cursos de atualização – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola

Os projetos Encontro USP-Escola e Vivendo a USP atendem aos anseios de professores do ensino básico, dedicados a encontrar caminhos que tornem suas aulas mais eficientes e prazerosas para alunos e professores. O Encontro USP-Escola ocorre durante as férias dos professores de janeiro e de julho. O projeto faz com que professores da rede pública do Estado de São Paulo participem de vários cursos de atualização que se realizam paralelamente, durante uma semana de trabalho, em que ocorrem também palestras, debates e oficinas.

“A cada evento, cerca de 300 professores, 75% deles da rede estadual de ensino, distribuídos por metade das diretorias de ensino do Estado, vêm em busca de aprofundar seus conhecimentos, seja de conteúdos, seja de metodologias de ensino, e debater com seus pares novas propostas para a escola do século 21”, explica Vera.

Encontro USP-Escola

Oficinas e cursos do 11º Encontro USP-Escola – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola
Desafio é tornar as aulas mais prazerosas para professores e alunos – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola

O próximo encontro do projeto, que está em sua 12ª edição, será realizado nos dias 18 e 22 de julho, na Cidade Universitária, em São Paulo. “Na abertura deste 12º Encontro, nós teremos uma mesa-redonda sobre a constituição dos conselhos de escola e atuação dos grêmios e contaremos com a participação e relatos de experiências dos docentes da rede estadual de ensino e a presença de um especialista do Instituto Paulo Freire, que virá falar sobre o estágio atual das pesquisas sobre esses temas”, adianta a professora.

Além do Instituto de Física, participam também o Instituto de Química (IQ), o Instituto de Ciências Biomédicas (ICB), a Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), o Museu de Arte Contemporânea (MAC) e o Instituto de Geociências (IGc), todos da USP.

Cursos satélites

Para essa edição do encontro, haverá também alguns cursos-satélites que ocorrerão de 25 a 29 de julho, das 8h30 às 17h. A listagem completa com a descrição dos cursos estará disponível neste link. A ideia é oferecer aos professores que participam dos Encontros USP-Escola mais oportunidades para que eles possam se capacitar.

Oficinas e cursos do 11º Encontro USP-Escola – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola
Oficinas do Encontro USP-Escola ajudam a melhorar a prática pedagógica – Foto: Divulgação/GTUSP-Escola

“Os docentes apontaram durante as avaliações dos encontros a necessidade de ampliar a oferta de cursos e uma das preocupações da coordenação foi articular, juntamente com a direção do Instituto de Física, parcerias com diversas unidades da USP, para que houvesse uma maior oferta”, resume a professora Vera.

Os Encontros USP-Escola têm auxiliado os professores da rede de ensino no sentido de fornecer subsídios para a melhoria de sua prática pedagógica e os cursos e as oficinas que são oferecidos têm ajudado a mudar esse quadro.

Segundo levantamentos realizados pelo Grupo de Trabalho USP-Escola (GTUSP-Escola) com os participantes dos últimos encontros, quase a totalidade dos entrevistados afirmou que os cursos oferecidos contribuíram para a melhoria do seu trabalho em sala de aula. “Os professores relatam frequentemente como estão mudando suas práticas”, confirma Vera.

Mais informações:  site http://portal.if.usp.br/extensao/pt-br/encontro-usp-escola

Com informações da Assessoria de Comunicação do IF

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados