Professor da USP assume presidência da Sociedade Brasileira de Química

Norberto Peporine Lopes é pesquisador da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
Professor Norberto Peporine Lopes já ocupou diversos cargos na organização e agora assume sua presidência – Foto: Maria Leonor de Calasans/IEA

Há quase 20 anos o professor Norberto Peporine Lopes se dedica ao fortalecimento da ciência no País na Sociedade Brasileira de Química (SBQ). O farmacêutico já ocupou diversos cargos na organização e agora assume sua presidência pelos próximos dois anos.

Lopes tem mestrado e doutorado em Química e coordena o Núcleo de Pesquisa em Produtos Naturais e Sintéticos e a Central de Espectrometria de Massas de Micromoléculas Orgânicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP.

O professor tem 350 trabalhos publicados, com mais de 4,8 mil citações. Entre os estudos mais conhecidos do professor estão o que isolou e caracterizou a neurotoxina da carambola, problema grave de saúde pública, e quando elucidou a primeira fluorescência de um anfíbio conhecida pelo homem.

Em entrevista ao Boletim da SBQ, o professor destaca que o brasileiro ainda não sabe o que é ciência, pois é algo muito distante das pessoas de fora do universo científico. “As universidades e sociedades científicas têm um papel importante para mudar isso. Precisamos aprender a escrever também em outras linguagens para permear mais os conceitos científicos pela sociedade”, disse.

Segundo o professor, sua gestão na Sociedade Brasileira de Química será centrada em acertos fiscais, reformulação de estatuto e na elaboração de novas estratégias com jovens professores, ou seja, focada em questões internas, considerando que nos últimos dez anos houve um processo de internacionalização muito forte.

Com informações do Boletim da SBQ

  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados