Produção interativa mostra ações de instituto da USP junto à sociedade

Webdocumentário do Instituto de Biociências explica o que é a extensão e apresenta projetos desenvolvidos pela unidade

  • 189
  •  
  •  
  •  
  •  
Tela inicial do webdocumentário. A partir daí, o usuário escolhe um eixo para conhecer as ações do Instituto de Biociências, a partir de relatos de alunos e professores

O conceito de universidade é baseado em três principais pilares: ensino, pesquisa e extensão. Isso significa que, além de formar pessoas e produzir novos conhecimentos, é preciso se comunicar com a sociedade e contribuir com seu desenvolvimento. Para explicar o que é a extensão e mostrar na prática como ela acontece, alunos, professores e funcionários do Instituto de Biociências (IB) da USP criaram o webdocumentário Vida na Extensão.

A produção traz uma reflexão sobre o tema, ao mesmo tempo em que apresenta os projetos criados pelo instituto.

Um webdocumentário, também chamado de webdoc, é um tipo de mídia audiovisual feita para internet. Nela, a linearidade da narrativa documentada tem menos relevância, dando espaço para um conteúdo completamente interativo. Uma das idealizadoras do Vida na Extensão, a professora Alessandra Bizerra explica que este formato foi escolhido desde o início do projeto.

“A gente queria um documentário que tivesse múltiplas possibilidades de interação, algo que representa bem a nossa ideia de extensão no instituto, porque são possibilidades e caminhos diferentes. São vários tipos de extensão e achamos que o webdoc seria mais bacana para estruturar essa ideia”, conta.

Ao acessar o webdoc, o espectador pode navegar para três áreas diferentes: Ecologia, Metabolismo e Evolução. Cada uma delas se divide em outras, levando até os vídeos, que por sua vez podem oferecer novas oportunidades de interação. Dentro de Metabolismo, por exemplo, há o tópico Por que fazer extensão, no qual os entrevistados contam suas diferentes motivações para se envolver com a extensão universitária.

Inicialmente, o filme interativo seria focado apenas no Estação Biologia, um programa de visitas escolares do IB que existe há mais de 30 anos. 

Crianças e jovens descobrem a biologia com estudantes da USP

Logo a proposta ampliou-se para abordar de modo geral a extensão pela perspectiva dos alunos, professores e funcionários do IB. A iniciativa foi contemplada pelo 1º edital da Universidade com o Banco Santander e a Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo (Fusp) de Fomento às Iniciativas de Cultura e Extensão, em 2017.

Feito em parceria com a Peripécia Filmes, o projeto permitiu também que os envolvidos aprendessem sobre criação de conteúdo audiovisual, participando da concepção do roteiro e das gravações. Segundo a professora Alessandra, alguns alunos chegaram até mesmo a ir à produtora para colaborar no processo de edição.

Lançado oficialmente em junho deste ano, o documentário recebeu diversos elogios da comunidade do IB. “Geralmente não se dá muita importância para a extensão, mas várias pessoas elogiaram o webdoc, até fizemos um banco com esses retornos. Tivemos uma boa receptividade”, comenta a professora.

Um dos prédios do Instituto de Biociências da USP, na Cidade Universitária, conhecido como “Sobre as ondas”- Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Extensão no IB

O Instituto de Biociências da USP possui uma série de projetos de extensão, cada qual com uma proposta diferente para atender a comunidade externa.

No Estação Biologia, um professor e graduandos do curso de Ciências Biológicas preparam visitas monitoradas para alunos da pré-escola ao ensino médio, que têm a oportunidade aprender sobre biologia e conhecer o espaço do instituto. Já com o Bio na Rua, são os alunos que saem da Universidade, indo até parques da cidade de São Paulo para realizar oficinas e expor materiais didáticos.

Há também a Semana do Meio Ambiente, com debates e atividades sobre a questão ambiental, e a Semana Temática que, com cursos intensivos ligados à biologia, atrai centenas de interessados, inclusive de fora do Estado. Além disso, o IB sempre costuma ter representantes em eventos que envolvem toda a USP, como a Feira USP e as Profissões.

Para saber mais sobre estes e outros programas de extensão oferecidos pelo IB, acesse o site da Comissão de Cultura e Extensão Universitária do instituto.

  • 189
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados