Plataforma aproxima doadores e instituições que precisam de equipamentos de proteção em saúde

Pesquisadora da USP ajudou a desenvolver o projeto Rede EPI, que possui centros de doação em pelo menos 16 Estados, além do Distrito Federal

Plataforma tem área para doadores e para instituições que precisem de equipamentos de proteção individual – Foto: Reprodução/Rede EPI

.
Pós-graduanda em Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), a nutricionista Mariana Madruga ajudou a desenvolver o projeto voluntário Rede EPI, que busca arrecadar equipamentos de proteção individual (EPIs) para hospitais e profissionais da saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. Como o setor de saúde está desabastecido de vários itens, a iniciativa quer aproximar, por meio de uma plataforma digital, doadores e instituições que precisam de materiais.

Mariana Madruga, pesquisadora da FMUSP – Foto: Divulgação/Rede EPI

Apesar de ter sido criado há menos de uma semana, o projeto já conta com mais de cem instituições cadastradas em ao menos 16 Estados, além do Distrito Federal. Também, há cerca de 17 makers – grupos de pessoas que produzem itens, principalmente através de impressora 3D – colaborando com a iniciativa.

Hospitais, clínicas, unidades básicas de saúde (UBS), instituições de longa permanência para idosos, creches, restaurantes populares, dentre outros, podem ser contemplados com a rede de ajuda. As entidades que pretendem receber as doações devem se cadastrar no site e, com isso, as informações necessárias para as doações são disponibilizadas na plataforma. 

Os principais equipamentos a serem doados são máscaras N95, máscaras cirúrgicas, aventais, luvas e álcool em gel. “Qualquer um pode doar, sendo pessoa física ou jurídica”, salienta Mariana. “Estamos em meio a uma doença altamente contagiosa. Apesar das dificuldades e da apreensão que todos passam, precisamos cuidar uns dos outros atuando de maneira coletiva”, completa.

Os interessados em doar ou em receber equipamentos devem acessar o site https://redeepi.ong.br.

.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.