Pesquisadores da América Latina debatem impacto da pandemia na região

Série de webinários com transmissão pela internet vai apresentar desafios de combate à pandemia nas áreas de governança global, geopolítica, economia e saúde, entre outros temas

 21/10/2020 - Publicado há 1 ano  Atualizado: 29/10/2020 as 15:42
Foto: 123RF

.

Mais de 30 palestrantes de vários países da América Latina e de várias áreas das Ciências Humanas vão se reunir durante o mês de outubro e novembro para analisar os impactos da pandemia na região. Eles participam do ciclo de webinários América Latina frente ao governo da covid-19: desigualdades, crises, resistências, realizado em encontros semanais, às quintas, das 12 às 17 horas, com transmissão ao vivo pelo YouTube, neste link.

O evento é organizado pela Rede Latino-Americana SARS-CoV2, Poder e Sociedade (RedSars2), sediada no Colégio Latino-Americano de Estudos Mundiais, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO/Brasil) e tem o apoio do Laboratório de Geografia Política (GEOPO) da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

O objetivo da Rede é promover a investigação científica sobre os impactos de curto, médio e longo prazo da covid-19 nas sociedades latino-americanas, conectando pesquisadores das várias disciplinas das ciências humanas em torno de cinco eixos temáticos: governança multinível em saúde e segurança sanitária; corpo, poder e pós/descolonialidade; democracia, Estado e tendências; ambiente e sociedade; geopolítica e governança regional e global.

No próximo webinário, no dia 22 de outubro, a partir das 12 horas, o debate será sobre o tema Geopolítica, governança regional e global da pandemia na perspectiva latino-americana, com duas mesas de debates. Os palestrantes vão abordar:
– Covid-19 e política de fronteiras na América Latina
– O desafio da governança global para a crise da pandemia
– Pandemia y salud internacional Sur-Sur
– Covid-19 e geopolítica na América Latina
– Região das Guianas: um panorama sobre a pandemia
– Suspender ou manter as sanções internacionais em tempos de pandemia: o caso venezuelano
– Economia global e a sustentabilidade da produção de alimentos

No dia 29 de outubro, o tema que norteará as discussões será Ambiente e sociedade: desigualdades, resistência e o papel do Estado frente à COVID-19 na América Latina, também com duas mesas e as seguintes palestras:
– Resistencia frente al control social y político en Colombia en el contexto de pandemia
– Algunas reflexiones sobre el impacto de coronavirus en México
– Los efectos socio-económicos de la pandemia de Covid-19 en el Ecuador
– Movilidades e inmovilidades: Migrantes, mujeres e indígenas
– Afectaciones del Covid-19 en la Amazonia colombiana: entre pandemia, conflicto armado y precario sistema de salud
– Respostas à crise da Covid-19 na Amazônia brasileira: estratégias de resistência entre povos indígenas e comunidades tradicionais
– Mujeres indígenas en tiempos de la pandemia del Covid-19 en la Amazonía ecuatoriana
– Idas e vindas do poder público no enfrentamento à Covid-19 no Baixo Amazonas – o caso de Santarém

Dia 5 de novembro, também a partir das 12 horas, terá como tema Recomposições políticas, jurídicas e econômicas (pós-) covid na América Latina: democracia, crise, tendências. Os participantes das mesas de debate vão tratar dos seguintes assuntos:
– A gestão da crise sanitária na Guiana
– Acesso à justiça e Covid: garantia de direitos em tempos de pandemia
– Crise sanitária e econômica no México sob um governo de esquerda
– Desenho institucional e enfrentamento da Covid-19: o caso do federalismo brasileiro
– A pandemia Covid-19 como acontecimento e a disputa política dos discursos negacionista e científico
– Reflexos da pandemia no discurso de Bolsonaro: personalismo e consolidação ideológica
– La inédita extrema derecha en México y la crisis del covid-19
– Quarentena no Twitter: Aproximação metodológica para identificar padrões de uso de referentes de mídia nos grupos de usuários radicais de direita e esquerda no Brasil

O dia 12 de novembro, às 12 horas, contará com uma transmissão de encerramento do evento e também com a apresentação da estrutura e cronograma editorial da publicação que reunirá os textos das apresentações. A previsão é que o livro esteja disponível em junho do próximo ano.

Para conferir a programação completa, confira o site do Colégio Latino Americano de Estudos Mundiais, neste link, e confira as palestras pelo Canal do Colégio no YouTube.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.