Pesquisa em Ribeirão Preto busca voluntários com diabete

Estudo vai avaliar efeito da terapia com LED na performance muscular desses pacientes

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=188933
  • 67
  •  
  •  
  •  
  •  
A diabete pode provocar fraqueza dos músculos, além de dor, formigamento ou perda de sensibilidade principalmente nas mãos, braços, pés e pernas – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

.
Pessoas com diabete que moram na região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, podem contribuir com a USP na realização de um estudo. Desde junho, a pesquisadora Aline Gobbi, orientada pelo professor Rinaldo Roberto de Jesus Guirro, desenvolve na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) uma pesquisa com o objetivo de avaliar o efeito da fototerapia com LED nas capacidades de força, desempenho funcional e fluxo sanguíneo de diabéticos.

Os participantes precisam ter idade entre 45 e 70 anos e não praticar atividades físicas. Devem também apresentar sintomas como formigamento, queimação e dor nas pernas, entre outros, além da disponibilidade para comparecer ao campus da USP em Ribeirão Preto por cinco dias seguidos (de segunda a sexta-feira). Neste período, será realizada a avaliação de força, funcionalidade e fluxo sanguíneo e, em seguida, o tratamento e uma nova avaliação.

Após os testes, os pesquisadores pretendem publicar os resultados em artigos, possibilitando que as informações sobre esse tipo de tratamento sejam utilizadas para novos estudos.

Para participar, os interessados devem entrar em contato pelos e-mails pesquisadm@outlook.com e gobbi.aline03@gmail.com, ou via WhatsApp pelo telefone (16) 99765-6574.

  • 67
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados