Peixe com “cara de poucos amigos” vence prêmio de fotografia com temas de ciência

A imagem vencedora mostra a anatomia do crânio da espécie de peixe “Amia calva” em vista frontal e foi produzida com ajuda do tomógrafo do Centro para Documentação da Biodiversidade da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP

 17/08/2021 - Publicado há 4 meses
Por
Reconstrução virtual tridimensional (3D) do crânio de um exemplar da espécie Amia calva em vista frontal. O exemplar escaneado pertence à Coleção Científica do Laboratório de Ictiologia de Ribeirão Preto, e a imagem foi produzida com o auxílio de um tomógrafo digital (CDB), disponível no Centro para Documentação da Biodiversidade da FFCLRP-USP – Foto: Pedro Pereira Rizzato

.
A 10ª edição do Prêmio de Fotografia Ciência & Arte, organizada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), premiou o acadêmico
Pedro Pereira Rizzato, pós-doutor pela USP, com o primeiro lugar na categoria Imagens produzidas por instrumentos especiais. 

Rizzato, que hoje é professor da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) e foi orientado pelo professor Flávio A. Bockmann, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), produziu a imagem vencedora, Anatomia do crânio de Amia calva em vista frontal, que ganhou o nome fantasia de Cara de poucos amigos, com ajuda do tomógrafo do Centro para Documentação da Biodiversidade (CDB), como parte de seu pós-doutorado no Departamento de Biologia da FFCLRP.

Pedro Pereira Rizzato e Flávio A. Bockmann – Foto: Reprodução/YouTube FFCLRP

A fotografia vencedora exibe a reconstrução virtual tridimensional do crânio de um exemplar da espécie de peixe Amia calva em vista frontal. O exemplar escaneado pertence à Coleção Científica do Laboratório de Ictiologia de Ribeirão Preto. 

A cerimônia virtual de premiação aconteceu durante a 73ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e é possível rever por aqui. Os vencedores de cada categoria receberam R$ 8 mil para o primeiro colocado, R$ 5 mil para o segundo colocado e R$ 2 mil para o terceiro colocado.
.

Exemplar de Amia calva depositado na Coleção Científica do Virginia Institute of Marine Sciences, nos EUA – Foto: Pedro Pereira Rizzato

.

O Prêmio

O Prêmio de Fotografia-Ciência & Arte, criado em 2011, visa a fomentar a produção de imagens com a temática de ciência, tecnologia e inovação, além de contribuir com a divulgação e a popularização dessas áreas e ampliar o banco de imagens do CNPq. 

O prêmio, que é dividido em duas categorias, Imagens produzidas por câmeras fotográficas e Imagens produzidas por instrumentos especiais, premia estudantes de graduação e pós-graduação, docentes e pesquisadores que trabalham com registros fotográficos em suas pesquisas. 

As imagens inscritas devem estar associadas à atividade científica e tecnológica e terem sido produzidas para fundamentar um trabalho de pesquisa, ao qual os candidatos estiveram ou estejam vinculados. Esta é uma forma de estimular os pesquisadores a usarem recursos fotográficos em suas pesquisas e promover a divulgação científica e tecnológica.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.