Passeio ecológico no Parque Cientec ensina sobre abelhas nativas do Brasil

Parque de Ciência e Tecnologia da USP abre suas portas exclusivamente para o retorno dos eventos no meliponário, com o projeto Tem Abelha No Meu Jardim; primeiro evento acontece neste domingo, dia 7 de novembro

 04/11/2021 - Publicado há 1 mês
Público no meliponário do Parque Cientec em atividade antes da pandemia – Foto: Divulgação/Cientec

.
Passeio ecológico, café da manhã colaborativo e visita ao meliponário (coleção de colmeias), junto às abelhas nativas sem ferrão do Parque de Ciência e Tecnologia (Cientec) da USP. Essas são as atividades do projeto Tem Abelha No Meu Jardim que reabrem o Parque para o público no próximo domingo, dia 7 de novembro. A proposta é ensinar, na prática, sobre as abelhas nativas do Brasil, e promover a cultura da criação e conservação das abelhas sem ferrão.

O evento acontece todo primeiro domingo do mês, das 9 às 13 horas, é gratuito e o local, no bairro da Água Funda, em frente ao zoológico de São Paulo, conta com estacionamento para os visitantes. Além de um bate papo sobre as abelhas, haverá caminhada ecológica na Trilha das Fontes do Ipiranga. Sob a temática da água, a trilha na mata visita as fontes, o meliponário e leva o público a uma caminhada de observação das plantas da mata nativa, seus processos e adaptações e suas relações com as mudanças climáticas.

Os participantes podem levar doces, salgados e sua própria caneca para participar do café da manhã colaborativo. O retorno seguirá os protocolos de segurança para evitar a disseminação do coronavírus. Será obrigatório o uso de máscara e álcool em gel.

Também, haverá aferição de temperatura na entrada do parque, que só se dará mediante apresentação de documento com foto e comprovante de vacinação. A organização do evento recomenda a utilização do aplicativo Conecte SUS ou o site: https://conectesus.saude.gov.br
.

Entrada da trilha Fontes do Ipiranga no Parque Cientec – Foto: Divulgação/ Cientec

.
Abelha brasileira

Pertencentes à tribo Meliponini, as abelhas nativas são também conhecidas como abelhas sem ferrão. São menores que as estrangeiras – do grupo das Apidae -, mais escuras e vivem sem ferrão ou com o ferrão atrofiado, por isso não picam.

Meliponário do Parque Cientec – Foto: Divulgação/Cientec

Do nome do grupo vem a palavra meliponário, que é um conjunto artificial de ninhos, destinado a sua criação. No meliponário do Parque CienTec, é possível visitar diversas caixinhas de madeira, que correspondem, cada uma, a uma colmeia completa.

Dentre as muitas espécies de abelhas sem ferrão, as mais comuns em São Paulo são as conhecidas popularmente por “Jataí”, que vivem no solo ou em barrancos, podendo ser localizadas em muitos pontos do parque.

O meliponário do Parque CienTec foi construído com o apoio do projeto Tem Abelha No Meu Jardim. O grupo promove ações de educação ambiental, consultoria e resgate especializado de colônias de abelhas nativas em locais de risco. As atividades podem ser apoiadas através da campanha Adote uma Abelha

Tem Abelha No Meu Jardim

Evento: https://www.facebook.com/events/287908689589378/?ref=newsfeed
Data: 07/11/2021, das 9 às 13 horas
Local: Parque Cientec USP
Av. Miguel Estefano, 4200 – em frente ao zoológico de São Paulo

Saiba mais sobre o projeto em: www.temabelhanomeujardim.com.br  Instagram, Facebook, Youtube.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.