Parceria com Coursera amplia oferta de cursos on-line para comunidade USP

Programa Coursera for Campus disponibiliza mais de 3.800 cursos para comunidade USP até setembro; acesso é feito exclusivamente com e-mail institucional

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=333382


Plataforma Coursera: certificados gratuitos para a comunidade USP – Foto: Reprodução/Coursera
.

.
.
Com as férias de julho se aproximando, não era incomum antes da pandemia que estudantes se preparassem para fazer um curso extracurricular. Seja para complementar a formação ou desenvolver um hobby, muitos alunos buscam pelos chamados MOOCs (sigla em inglês para Curso On-line Aberto e Massivo). Mas, em tempos de isolamento social, o que antes era alternativo se tornou a rotina escolar oficial dos países em quarentena.

Ana Paula Tavares Magalhães, assessora de programas e eventos da PRP – Foto: Leonor Calasans / IEA-USP

Para ampliar a oferta de conteúdos disponíveis on-line, a USP aderiu ao programa Coursera for campus, que conta com mais de 3.800 cursos de universidades parceiras, como Yale, Michigan, Princeton, Toronto, Sidney, Hong Kong, Moscou, o Imperial College, a National University of Singapore, entre outras. O programa também dá acesso a novos conteúdos centrados nos estudos do coronavírus e da covid-19, que já se tornaram referência no mundo todo. Um exemplo é o material produzido pela Universidade Johns Hopkins.

A assessora de programas e eventos da Pró-Reitoria de Pesquisa, Ana Paula Tavares Magalhães, conta que a parceria da USP com o Coursera data de 2014, mas a principal diferença da nova parceria é a gratuidade de certificados, além do aumento da oferta de cursos em termos quantitativos. Com o programa, não apenas alunos poderão buscar cursos de interesse, mas os professores terão oportunidade de criar novas aulas, recomendar cursos e avaliar o desempenho da classe.

“Pessoalmente, acho que a ferramenta é um dos aspectos da mudança pela qual está passando nossa capacidade de nos relacionar com os conteúdos. Essa mudança vem sendo acelerada pela quarentena, mas já era um processo em curso”, avalia a docente. Ela acredita que a oferta de cursos e a realização de interações à distância tendem a se universalizar, pois se revelam sustentáveis. “Sem excluir a importância da forma presencial, mas há redução de custos materiais, economia de tempo e amplo acesso”, aponta.
.

Conteúdos estarão abertos à comunidade USP até o dia 30 de setembro – Foto: August de Richelieu / Pexels

.
Todos os cursos, de todas as universidades parceiras, estarão com o acesso aberto até o dia 30 de setembro e concederão certificado gratuito a toda a comunidade USP. Para acessar, é necessário utilizar a conta USP de e-mail (@usp.br).

Para saber mais sobre o programa e se cadastrar na plataforma, acesse:
https://www.coursera.org/programs/universidade-de-sao-paulo-br-on-coursera-mvxtw 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.