Pacientes com lúpus podem responder pesquisa on-line da USP

Estudo quer entender perfil de saúde do paciente com lúpus eritematoso sistêmico

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=223240
  • 777
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma pesquisa da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em São Paulo, quer compreender melhor aspectos relacionados à saúde dos pacientes com lúpus eritematoso sistêmico. A ideia é que os dados permitam uma melhor abordagem no tratamento não medicamentoso e nas propostas de programas junto às políticas públicas de saúde para os pacientes.

Para isso, foi criado um questionário para avaliar a qualidade de vida, os sintomas presentes da doença, o nível de atividade física, o perfil social, a fadiga e a dor. Homens e mulheres com mais de 18 anos, que morem no Brasil e tenham diagnóstico de lúpus podem participar, acessando o link.

O lúpus eritematoso sistêmico é uma doença inflamatória autoimune. Permanente, ela apresenta períodos de melhora e de piora, que pode afetar as atividades do dia a dia dos pacientes.

Mais informações: e-mail pamela.santana@fm.usp.br

  • 777
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados