No clima das Olimpíadas: conheça membros da USP que já participaram dos jogos

Exposição virtual “Memórias Olímpicas” da Escola de Educação Física e Esporte reúne dicas culturais, documentos históricos e informações sobre membros da comunidade USP que participaram do evento nas edições passadas e os que estão agora em Tóquio

 06/08/2021 - Publicado há 4 meses  Atualizado: 09/08/2021 as 20:40
Por
No sentido horário, Nelson Prudêncio, Maria Lenk, Amaury Antonio Passos, Aline Furtado e Douglas Vieira: atletas olímpicos formados na EEFE – Arte sobre fotos/Wikipedia, Arquivo Agência Brasil

.
Maria Lenk foi a primeira mulher sul-americana a disputar uma Olimpíada, em 1932, aos 17 anos. A nadadora não conquistou nenhum pódio, mas ainda assim fez história durante os jogos. Na competição seguinte, em 1936,
surpreendeu o mundo ao fazer a braçada do nado peito por fora d’água — ali, nascia o nado borboleta, oficializado pela Federação Internacional de Natação (Fina) duas décadas depois.

Mas você sabia que, além do pioneirismo na natação, Maria também foi aluna de Educação Física na USP? E o comitê olímpico dentro da Universidade não se restringe às piscinas: atletas do vôlei, basquete, rugby, atletismo e judô, treinadores, técnicos e árbitros também entram nessa lista.

Reunindo nomes e histórias de ex-alunos e docentes que participaram das Olimpíadas, a exposição virtual “Memórias Olímpicas”, organizada pela Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP em conjunto com a Biblioteca Cyro de Andrade, está disponível on-line. A mostra também apresenta indicações de filmes, arquivos de revistas, periódicos e pôsteres com a temática dos jogos olímpicos.

Representantes em Tóquio 2020

Na exposição virtual, é possível conferir os 14 membros formados pela EEFE que fazem parte da delegação brasileira dos Jogos Olímpicos de 2020.

Como atleta, a seleção de Rugby conta com a ex-aluna Aline Furtado, formada em 2018.

Como preparadores físicos estão Claudio Machado Pinto e Silva, na equipe masculina de Handebol; Diego Souto Morine, no Taekwondo; além de Renato Sérgio Bacchi, na seleção masculina de Vôlei. A ex-aluna Daniela Ribeiro Novaes Coelho é líder de operação técnica das equipes brasileiras de Handebol.

Outros profissionais que estudaram na USP atuam em diversas funções nestas Olimpíadas. Fernando Hardt é médico do Comitê Olímpico Brasileiro (COB); Fernando Castro Maroni é supervisor do vôlei masculino; Henrique Modenesi é analista de desempenho da seleção de Vôlei; Lucas Tavares é fisiologista da equipe de Taekwondo, onde também atua Paula Avakian, como analista de desempenho. A lista ainda inclui Rafaela Peixoto Trola, da comissão técnica da seleção de Rugby; e Samie Elias, biomecânico e assistente técnico da equipe de Natação.

A delegação paralímpica também conta com uspianos. Raphael Moreira de Almeida é técnico da seleção de Tênis de Mesa e a ex-aluna Elke dos Santos Lima atua na arbitragem da Natação paralímpica.

Para acessar a exposição, basta entrar no link: http://www.eefe.usp.br/memoriasolimpicas

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.