Morre o professor Aroldo Miniti, da Faculdade de Medicina

Professor Emérito da FMUSP, Miniti trabalhou, dentre outras áreas, com implante coclear e cefaleia

Por - Editorias: Universidade
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Faleceu, no dia 14 de julho, Aroldo Miniti, Professor Emérito da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP). Com vasta experiência na área de de Cirurgia Otorrinolaringológica, atuou principalmente com alergia, implantes dentários, gustação, implante coclear, inner ear (parte interna do ouvido) e cefaleia.

Nascido em 29 de dezembro de 1935, na cidade de São Paulo, graduou-se como médico na FMUSP em 1960, realizando residência médica de otorrinolaringologia no Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP.

Defendeu tese de doutoramento com o título “Fechamento de perfurações da membrana do tímpano com dura-máter: estudo experimental em ratos”, fazendo concurso para professor Livre-Docente em 1970. Fez estágio em Chicago, nos Estados Unidos, com David Austin, um dos mais destacados otologistas da sua época.

Exímio cirurgião de ouvido deixou escola no HC e no Brasil, ensinando centenas de cirurgiões.

Com informações da Fundação Otorrinolaringologia 

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados