Maratona de programação busca soluções para modernizar a agricultura

Inscrições para a SancaThon vão até 23/3; ideia é criar tecnologias que possam ser utilizadas por agricultores e trabalhadores rurais

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=231137
  • 152
  •  
  •  
  •  
  •  
Foco da maratona será a modernização da agricultura, abrangendo desde aplicações IoT, para tornar a vida do agricultor mais fácil, até agricultura de precisão para ajudar na diminuição do uso de agrotóxicos – Imagem: Divulgação

O desafio está lançado: desenvolver, em apenas 32 horas, soluções para modernizar a agricultura no Brasil. Essa é a proposta da maratona SancaThon, que chega à sua segunda edição em 2019. O evento será realizado na USP, em São Carlos, entre os dias 5 e 7 de abril, quando os participantes terão que desenvolver tecnologias, compostas de hardwares e softwares, que possam ser utilizadas por agricultores e trabalhadores rurais no futuro. Os interessados devem se inscrever na competição, que é gratuita, até o dia 23 de março por meio da página oficial do evento.

A SancaThon é uma grande hardware hackathon que busca estimular o trabalho em grupo propondo atividades instigantes. Aberta a todos os interessados, a iniciativa conta com 100 vagas disponíveis, sendo 40 para desenvolvedores, 20 para designers, 20 para pessoas do ramo de negócios e outras 20 livres para qualquer uma das modalidades citadas anteriormente. Os participantes, que devem ser maiores de 18 anos, poderão competir em grupos de até cinco pessoas, desde que a equipe possua pelo menos dois desenvolvedores e um membro com cada habilidade exigida. As inscrições poderão ser realizadas individualmente ou em grupo e os selecionados serão notificados, via e-mail, até o dia 29 de março.

Ao final da competição, as equipes deverão fazer um pitch de três minutos para demonstrar o funcionamento do protótipo à banca avaliadora. Entre os critérios adotados para análise dos jurados estão: a dificuldade técnica do projeto; a funcionalidade do protótipo; o fator de impacto da solução proposta; sua viabilidade técnica e econômica; se o grupo definiu os próximos passos do trabalho, entre outros. Confira no site do evento o regulamento completo.

Para elaborar os projetos, os participantes terão acesso a diferentes tipos de placas de desenvolvimento, sensores e recursos, os quais irão auxiliá-los na realização de testes e na criação de provas de conceito. Os desafiados contarão ainda com a orientação de mentores das diversas áreas da engenharia, negócios e programação, que poderão ajudar a sanar dúvidas a fim de acelerar o desenvolvimento da tecnologia proposta e do modelo de negócio.

.

.

Entre os prêmios oferecidos pela competição, está a oportunidade de os vencedores apresentarem seu protótipo no Business Day, do Simpósio Nacional de Instrumentação Agropecuária (SIAGRO 2019), que ocorrerá entre os dias 26 e 28 de novembro, na Embrapa Instrumentação, em São Carlos. A ideia do evento é demonstrar tecnologias inéditas para representantes dos setores público e privado, além de investidores (venture capitals) e profissionais de comunicação.

A SancaThon ocorrerá na Biblioteca Prof. Dr. Sérgio Rodrigues Fontes da Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP, localizada na Av. Trabalhador São-Carlense, 400, no Parque Arnold Schimidt. Fique atento à página oficial da maratona no Facebook, pois, em breve, a programação completa estará disponível, bem como as outras premiações.

A SancaThon é realizada em conjunto pela EESC, Espaço EngComp (EESC-ICMC), Núcleo de Empreendedorismo da USP São Carlos (NEU-SC) e pelas Semanas da Engenharia de Computação (SEnC), da Integração da Engenharia Elétrica (SIEEL) e da Engenharia Mecatrônica (Sematron). A iniciativa conta ainda com o apoio da Embrapa, Toradex, Cargill, AgTechGarage, ABStartups, Alura, Oracle e Delivery Much.

Da Assessoria de Comunicação do SEL/USP

Mais informações: (16) 3373-8276 e e-mail eescin@eesc.usp.br

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 152
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados