Maior feira de ciências do País, Febrace tem inscrições abertas para projetos

Estudantes que têm ideias criativas e querem impactar o mundo podem se cadastrar e enviar um relatório de projeto até 30 de novembro de 2020

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=352945
Estudantes de outra edição da Febrace: inovação e empreendedorismo – Foto: USP Imagens

.

A Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), movimento nacional de estímulo aos jovens cientistas, está com inscrições abertas para a 19a edição da mostra de projetos. Os trabalhos devem ser submetidos até o dia 30 de novembro de 2020 pelo site www.febrace.org.br, utilizando o sistema de submissão eletrônica. Podem participar estudantes matriculados no 8º ou 9º ano do ensino fundamental e no ensino médio ou técnico de instituições públicas e privadas de todo o Brasil. Os estudantes devem ter no máximo 20 anos e os projetos podem ser realizados individualmente ou em grupos de até três pessoas, com participação obrigatória de um professor orientador. Os projetos submetidos devem enquadrar-se nas áreas das Ciências (Exatas, da Terra, Biológicas, da Saúde, Agrárias, Sociais e Humanas) e Engenharias.

Em 2021, a Febrace será realizada a distância diante das incertezas em relação ao controle da pandemia da covid-19. Está programada para os dias 15 e 27 de março, com transmissão das atividades pela internet. Os estudantes terão a oportunidade de apresentar seus projetos, diretamente de casa, para professores e pesquisadores, participar de palestras e expor suas ideias ao público por meio da mostra on-line de projetos.

Nessa primeira etapa de seleção, aproximadamente 300 professores universitários e pesquisadores de diferentes universidades no Brasil irão avaliar os projetos e escolher cerca de 300 finalistas para participarem da mostra. Os critérios utilizados serão: criatividade e inovação; conhecimento científico do problema; maneira como foram levantados os dados e conduzido o projeto; profundidade da pesquisa e clareza na apresentação da documentação do projeto.

Já durante a mostra os estudantes serão avaliados por outro corpo de mais de 300 professores, mestres e doutores, que irão indicar os primeiros, segundos, terceiros e quartos lugares de cada categoria – esses contemplados com troféus, medalhas e certificados. Diversas instituições públicas e privadas também oferecerão prêmios, como estágios, bolsas de estudo, equipamentos eletrônicos, visitas técnicas e credenciais para participação em outras feiras nacionais e internacionais.

Na mostra, serão ainda selecionados nove projetos, cujos autores irão representar o Brasil na maior feira pré-universitária do mundo: a Regeneron ISEF (Internacional Science and Engineering Fair), que em 2021 tem previsão de ser realizada no mês de maio.

A Febrace envolve, a cada ano, mais estudantes e professores no desenvolvimento de projetos investigativos. Em sua primeira edição, em 2003, foram enviados 300 projetos e selecionados 93 finalistas. Na última edição, em março de 2020, a Febrace envolveu diretamente mais de 66.000 estudantes de 27 unidades da federação, que desenvolveram projetos investigativos e os submeteram diretamente ou através de uma das 123 feiras afiliadas. O evento, realizado a distância em função da pandemia, contou com a participação de 761 estudantes finalistas acompanhados por 510 professores orientadores/co-orientadores. 

Sobre a Febrace

A Febrace é promovida pela Escola Politécnica da USP por meio do Laboratório de Sistemas Integráveis (LSI – Epusp). Pioneiro em desenvolvimento de tecnologia no Brasil, o laboratório atua nos mais diversos segmentos, como microeletrônica, realidade virtual, saúde digital, tecnologia para a educação, entre outras áreas de pesquisa e desenvolvimento.

O objetivo da feira é buscar um movimento nacional de estímulo à cultura científica, à inovação e ao empreendedorismo na educação básica (fundamental, média e técnica), além de estimular novas vocações em Ciências e Engenharia, e induzir práticas pedagógicas inovadoras nas escolas. O estímulo a novas vocações é realizado por meio do desenvolvimento de projetos criativos, inovadores e significativos para os estudantes que o executam e para a sociedade. A Febrace propicia também a aproximação entre escolas e universidades e a interação espontânea entre estudantes, professores, profissionais e cientistas, criando espaços para a troca de experiências, de novas oportunidades e de ampliação das fronteiras do conhecimento.

Acompanhe a Febrace

Envio de projetos: https://febrace.org.br/como-enviar

www.febrace.org.br

www.febrace.org.br/inspiradores

https://www.facebook.com/febrace

https://www.flickr.com/photos/febrace/collections/

https://www.youtube.com/user/FEBRACE

 

Com informações de Elena Saggio / Assessoria de Imprensa da Febrace

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.