Instituto da Criança do HC usa teleconsulta para atendimento de pediatria

O novo serviço esclarece dúvidas sobre a covid-19 a pais e responsáveis de crianças e adolescentes matriculados no ambulatório do instituto

Atendimento por videoconferência realizado por profissionais do Instituto da Criança do HC – Foto: Divulgação/HC FMUSP

.
O Pronto-Socorro do Instituto da Criança e do Adolescente (ICr) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (HCFMUSP) passou a oferecer serviços de teleconsulta para esclarecer dúvidas relacionadas a síndromes gripais e ao coronavírus. O serviço, que funciona de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, é voltado exclusivamente a pais ou responsáveis de pacientes matriculados e acompanhados no ambulatório do instituto. A iniciativa é pioneira no Sistema Único de Saúde (SUS).

O atendimento é realizado em tempo real entre o médico e o responsável pelo paciente, e pretende avaliar e orientar sobre sinais de gravidade relacionados aos sintomas da gripe, que podem ser indícios de contaminação pela covid-19. Caso se observem sintomas como falta de ar, febre e sinais clínicos de gravidade durante a teleconsulta, haverá recomendação de encaminhar o paciente ao pronto-socorro mais próximo.

Claudio Schvartsman, chefe do Centro Integrado de Emergência Pediátrica do instituto, explica que o atendimento por teleconsulta “colabora com a diminuição do número de visitas ao hospital, com a redução de estresse relacionado ao deslocamento até o instituto e com o próprio atendimento hospitalar”.

Para que o serviço possa ser utilizado, é necessário ter um aplicativo de videochamadas (como o WhatsApp), apresentar nome completo do paciente e o RGHC, documento de matrícula interna. É preciso também ter acesso a computador e smartphone com câmera e microfone, além de boa conexão com a internet.
.

Com informações do Hospital das Clínicas da FMUSP

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.