Iniciativa busca voluntários para ensinar idosos a usar smartphones e tablets

Curso de extensão realizado desde 2015 pela USP em São Carlos usa videoconferência para atividades de letramento digital com idosos

Aulas acontecem remotamente pela plataforma Google Meet – Foto: 123RF

 

Letramento digital é o processo que ajuda as pessoas a desenvolverem habilidades para interagir por meio de tecnologias digitais de informação e comunicação. A partir dessa ideia, uma iniciativa da USP em São Carlos busca voluntários para ensinar remotamente idosos a usarem smartphones e tablets. Promovido pelo Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC), o curso Práticas com Tablets e Celulares é oferecido desde 2015 presencialmente no campus da USP, em São Carlos, mas agora acontece semanalmente por viodeoconferência na plataforma Google Meet.

Podem participar estudantes de graduação e de pós-graduação de qualquer instituição de ensino e de qualquer área de conhecimento, basta enviar um e-mail para a professora Kamila Rios Rodrigues ( kamila.rios@icmc.usp.br) até o dia 5 de março. Na mensagem, é preciso informar o interesse em ser voluntário na iniciativa, fornecer nome completo e número de celular (com WhatsApp). Depois, a equipe de coordenação do projeto entrará em contato com os interessados para confirmar a participação e informar dia, horário e link das aulas.

Adaptação ao digital

Em março de 2020, quando a pandemia exigiu que houvesse o distanciamento social, a professora Kamila Rios Rodrigues, que coordena o curso juntamente com a professora Maria da Graça Pimentel, tinha realizado apenas duas aulas presenciais. “Convidei os idosos para continuarmos o curso a distância, na modalidade avançada. Nessa primeira tentativa, gravávamos a aula no YouTube e os alunos assistiam quando tinham disponibilidade e nos mandavam as atividades que realizavam em casa. Mas não deu certo, rapidamente eles se desmotivaram porque não sentiam que estavam em um ambiente de aprendizado e de trocas sociais”, conta Kamila.

No segundo semestre de 2020, a professora mudou a estratégia: continuou a oferecer o curso apenas na modalidade avançada, só que dessa vez as aulas tinham horário definido para acontecer semanalmente, via Google Meet. Para realizar os exercícios em casa, os idosos continuavam contando com a ajuda dos tutores que, remotamente, acompanhavam de perto o desempenho de cada um. “Aí deu certo. Eles se sentiram, de fato, parte de algo e os laços continuaram a ser formados entre alunos, tutores e professores”, avalia Kamila.

É para contribuir remotamente com a realização dessas atividades na turma de iniciantes que os voluntários estão sendo convocados, a fim de que seja oferecida atenção especial aos participantes do curso, mantendo assim a qualidade. Aos voluntários, serão emitidos certificados de participação na capacitação e nas atividades com os idosos.

Mais informações: e-mail kamila.rios@icmc.usp.br 

 

Texto adaptado de Assessoria de Comunicação do ICMC/USP


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.