USP abre inscrições para residência multiprofissional em saúde

Inscrições devem ser feitas de 23 de julho a 17 de agosto; prazo para solicitar isenção e redução de taxa vai até 20 de julho

Por - Editorias: Ingresso - URL Curta: jornal.usp.br/?p=180864
  • 2K
  •  
  •  
  •  
  •  
São 209 bolsas para profissionais da saúde realizarem residência na USP – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

De 23 de julho a 17 de agosto, a USP recebe inscrições para o Programa de Residência em Área Profissional da Saúde nas modalidades uni e multiprofissional para o período letivo 2019-2021. As inscrições e a seleção serão realizadas pela Fuvest e os interessados poderão solicitar isenção e redução da taxa, no valor de R$ 265, entre os dias 16 e 20 de julho.

O programa é organizado por meio da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) e da Comissão de Residência Multiprofissional (Coremu).

Poderão participar do programa os interessados, que concluíram ou venham a concluir até 1º de março de 2019, o bacharelado em um dos seguintes cursos de graduação: Biomedicina, Enfermagem, Farmácia, Física – Física Médica, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Medicina Veterinária, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional. Até o dia da matrícula, os candidatos deverão possuir a inscrição definitiva ou provisória no respectivo conselho regional de classe, sempre que for aplicável.

Seleção

O processo seletivo terá duas fases. A primeira será constituída de prova objetiva realizada nos municípios de Bauru, Pirassununga, Ribeirão Preto e São Paulo, no dia 2 de setembro. A segunda fase (realizada obrigatoriamente no município que sedia a primeira – ou única – opção do candidato) é composta por duas etapas: etapa 1 – prova dissertativa, em 30 de setembro, e a etapa 2 – análise curricular pela comissão do processo seletivo a partir dos documentos que deverão ser anexados no site de 17 a 28 de setembro.

A bibliografia para conhecimentos gerais e específicos a cada uma das áreas está disponível no edital.

Vagas

Serão oferecidas 209 bolsas e cada candidato poderá concorrer, em sua área profissional, a até dois programas ou áreas de concentração, com exceção de Medicina Veterinária, em que o candidato deve escolher somente uma opção de programa e área de concentração. A residência prevê ainda uma bolsa para os classificados no valor de R$ 3.330,43 e será custeada pelo Ministério da Saúde.

Os programas de residência da USP  têm carga horária total mínima de 5.760 horas, com atividades teóricas e práticas e devem ser cursados em regime de dedicação exclusiva, não sendo permitido desenvolver outras atividades profissionais no período de sua realização.

Elcio Silva/ Assessoria de Comunicação da PRCEU

Mais informações: site https://bit.ly/2Nm2KEO

  • 2K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados