Projeto sobre bases neurais da caça e defesa seleciona bolsista

Desenvolvido pelo Instituto de Ciências Biomédicas da USP, estudo busca pesquisador de pós-doutorado

Por - Editorias: Ingresso
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
Foto: Digital Shotgun via Visual Hunt
Projeto desenvolve pesquisas sobre bases neurais da caça predatória e defesa social – Foto: Digital Shotgun via Visual Hunt

O Laboratório de Neuroanatomia Funcional seleciona pesquisadores de pós-doutorado para desenvolver pesquisa sobre bases neurais da caça predatória e defesa social.

A pesquisa integra o projeto temático da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) Bases Neurais do medo e agressão, coordenado pelo professor Newton Canteras, do Departamento de Anatomia do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da USP.

O projeto tem vigência de 20 meses, renovável por mais um ano. Trabalhos do laboratório sugerem a existência de padrões de ativação na região lateral da substância cinzenta paraquedutal (PAG, na sigla em inglês) em resposta a comportamentos inatos com impulsos motivacionais opostos, como caça predatória e a conduta defensiva frente a um agressor coespecífico.

Resultados observados pela equipe sugerem que a mesma região da PAG possa estar desempenhando papéis diferentes que favorecem as respostas de caça, mas também controlam respostas defensivas às ameaças sociais. A pesquisa propõe avaliar as populações neuronais ativadas em cada um desses comportamentos, por meio de técnicas de dupla marcação para cFos proteína e c-fos mRNA.

É desejável que os candidatos tenham experiência prévia em estudos comportamentais e com as técnicas de imuno-histoquímica e hibridização in situ. Os interessados devem enviar um e-mail para o professor Newton Canteras (newton@usp.br) até 10 de março.

Da Comunicação Institucional do ICB

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados