Ideias para o agronegócio brasileiro podem virar startups na USP em Piracicaba

Universitários de instituições públicas e privadas podem participar do programa Acelera Esalq

Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=304066
Profissionais e professores orientam jovens universitários na criação de ideias inovadoras para o agronegócio no programa Acelera Esalq – Foto: Visualhunt CC

.

Proporcionar uma experiência de inovação e empreendedorismo para jovens universitários é o objetivo do Acelera Esalq, programa que está com inscrições abertas até o dia 25 de março para uma série de vivências com profissionais de destaque na área do agronegócio, além de contribuições de professores da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (Esalq) da USP, em Piracicaba.

Para participar, estudantes de graduação e de pós-graduação de Instituições de Ensino Superior (IES), públicas ou privadas, devem se reunir em grupos de 3 a 5 integrantes e indicar um mentor, que poderá ser um docente, pesquisador ou profissional do mercado. As inscrições devem ser feitas pelo formulário on-line e também está disponível na internet o regulamento do programa.

Para o coordenador do projeto na Esalq, o professor Fabio Marin, as atividades pretendem dar a possibilidade dos jovens estudantes despertarem para o processo de inovação para depois partirem para a abertura de uma startup.

A primeira edição do programa terá oito encontros presenciais, totalizando 32 horas (quatro horas cada), na cidade de Piracicaba. Seis capacitações serão na própria Esalq e duas acontecerão em parceiros situados no município. Os encontros terão início no dia 4 de abril e o encerramento está marcado para 4 de julho.

O Programa Acelera Esalq é uma iniciativa que integra as ações do Centro de Inovação para Agricultura China-Brasil, fruto da parceria entre a Esalq-USP, China Agricultural University (CAU) e Hainan University.
.

Com informações de Caio Albuquerque/Assessoria de imprensa da Esalq-USP

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.