Grupo da USP pesquisa trabalho dos comunicadores em meio à pandemia de covid-19

Estudo deve contribuir para a melhoria de procedimentos e condições de trabalho dos profissionais da área de comunicação

Pesquisa quer investigar como promover melhores condições de trabalho aos profissionais de comunicação – Foto: The Rookie Reporter via Flickr – CC

.
O Centro de Pesquisa em Comunicação e Trabalho (CPCT) da Escola de Comunicação e Artes (ECA) da USP está analisando como os comunicadores têm trabalhado durante a pandemia do novo coronavírus. Através de formulário virtual que poderá ser respondido até o fim da quarentena, profissionais desse setor podem ajudar com seus relatos. A pesquisa deverá contribuir com a elaboração de políticas públicas para a área da comunicação.

O estudo foi desenvolvido devido à importância dos comunicadores em meio à pandemia, quando muitos continuam realizando suas tarefas, mesmo que em rotinas diferentes. Jornalistas, publicitários e profissionais de relações públicas, por exemplo, têm sido fundamentais para transmitirem informações de qualidade a diferentes públicos sobre o coronavírus, como telespectadores, leitores, consumidores e funcionários de instituições públicas e privadas.

Com a contribuição de ao menos dez pesquisadores, o centro de pesquisa tem analisado as condições de trabalho dessas áreas há mais de 15 anos. “Os profissionais desses setores têm sofrido com a precarização e redução de salário há anos”, salienta Roseli Figaro, coordenadora do CPCT. Com as readequações geradas pela crise do covid-19, a pesquisa é importante para compreender como os profissionais estão desenvolvendo suas atividades e os impactos da precarização nesse momento.

Disponível até o final da quarentena, o formulário teve mais de 250 respostas somente no primeiro dia de pesquisa. Os participantes do estudo responderão como está sendo as suas rotinas, se nesse momento a carga de trabalho foi alterada e se os equipamentos utilizados para as atividades profissionais são fornecidos pelas instituições a quais são empregados.

Após a análise das respostas, o CPCT pretende publicar os resultados através de artigos e indicar políticas públicas que devem ser feitas pelas organizações que empregam os comunicadores para promover melhores condições de trabalho aos profissionais. Os comunicadores podem preencher a pesquisa aqui.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.