Formados em gestão pública podem trabalhar em 20 diferentes segmentos

Evento na USP dia 13/5 vai apresentar relatório que mostra diversidade do mercado de trabalho para os gestores públicos

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=244324
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Carreira política ou no ciclo de gestão no Poder Executivo são alguns dos caminhos seguidos por quem se forma na área de gestão pública – Foto: Roberto Stuckert Filho/PR via Governo do Brasil / cc by nd 3.0 brasil

No projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2020 enviado ao Congresso Nacional em abril, não há previsão de concurso público. A decisão impacta não apenas a máquina pública, mas também os profissionais formados na área e mesmo os vestibulandos. “Nesses períodos anticíclicos no Estado, com corte de recursos e diminuição drástica dos concursos públicos, os egressos dos cursos de Administração/Gestão Pública se deslocam para outros segmentos profissionais, seja no terceiro setor, seja na iniciativa privada”, afirma Fernando de S. Coelho, professor do curso de graduação de Gestão de Políticas Públicas da USP.

+ Mais

Cursos da USP: as 20 faces da Gestão de Políticas Públicas

Ele coordena um projeto de pesquisa que identificou 20 segmentos profissionais, nos três setores da economia – Estado, mercado e terceiro setor –, nos quais esses profissionais estão trabalhando. Na próxima segunda-feira, dia 13 de maio, o professor vai apresentar o relatório desta investigação no evento Diálogos Tecnopolíticos, em São Paulo.

“Vamos apresentar também a trajetória de alunos formados; acreditamos que isso pode ilustrar para a população (e para os interessados na carreira pública) o que exatamente faz um gestor de políticas públicas e suas múltiplas possibilidades de inserção profissional em áreas similares”, diz o docente.

O evento tem o apoio do Escritório de Carreiras da USP e contará com a fala de ex-alunos que, hoje, estão em carreiras estratégicas e de destaque. É o caso da deputada estadual pela Rede Sustentabilidade, Marina Helou, egressa do curso de Administração Pública da FGV/SP; e da secretária adjunta da Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento da Prefeitura de São Paulo, Vivian Satiro. “Passar por uma formação específica na área fez toda a diferença na minha vida profissional para pensar e executar estratégias e políticas públicas que melhorem a vida da população e tornem a prefeitura mais eficiente”, diz Vivian, que se formou na primeira turma de Gestão de Políticas Públicas da USP.

Oferecido na Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP, o curso já formou dez turmas e aproximadamente mil gestores públicos desde a formatura da primeira turma, em 2008.

O evento Diálogos Tecnopolíticos será realizado no dia 13 de maio, das 20 às 21h30, no Auditório Verde da EACH, localizada na Rua Arlindo Bettio, 1000, na zona leste de São Paulo-SP.

Adaptado da Assessoria de Comunicação da EACH

 

 

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados