Você sabia que seus lápis e canetas também podem ser reciclados?

Projeto da USP em São Carlos estimula descarte consciente de materiais de difícil reciclagem

Por - Editorias: Extensão - URL Curta: jornal.usp.br/?p=167012
  • 272
  •  
  •  
  •  
  •  
Campanha tem como objetivo arrecadar instrumentos de escrita usados – Foto: Reinaldo Mizutani

.
Para aumentar sua contribuição para um planeta mais limpo, que tal reciclar seus lápis e canetas usados? Quase todo estudante tem aquele velho marcador de texto escondido no fundinho do estojo, mas você já pensou que ele pode ter um destino diferente além do lixo? Pois é. Agora você pode levar seus lápis e canetas usados até o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos.

A iniciativa chegou ao instituto pelas mãos do funcionário Cássio Henrique Jorge. “Existe um projeto mundial chamado Terracycle, que é um programa de coleta e reciclagem de materiais, produtos e embalagens de difícil reciclagem. O objetivo do projeto é viabilizar a coleta e o descarte correto desses resíduos.” Jorge preside a subcomissão de Sustentabilidade Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (Sads-Recicla) do ICMC.

A ideia da campanha é arrecadar instrumentos de escritas usados para que, mais tarde, sejam reciclados e se transformem em outros materiais. É o primeiro ano em que a campanha entra em prática e, antes dos coletores específicos existirem, esse tipo de material era jogado no lixo comum.

“A tinta da caneta, por exemplo, é composta de um material tóxico, prejudicial ao meio ambiente, além das partes de plástico e de metal demorarem décadas para se decompor”, explica Jorge. Segundo ele, a expectativa é arrecadar uma grande quantidade desses objetos e estimular que a ideia seja ampliada a outros pontos da cidade.

Traga seus instrumentos de escrita usados para o ICMC: o coletor está no bloco 4 – Foto: Reinaldo Mizutani

.
Depois de recolhidos, esses materiais serão enviados para empresas parceiras do Terracycle, onde irão passar por um processo de reciclagem. Os resíduos são transformados em uma nova matéria-prima, chamada Pellet. Essa matéria-prima é vendida e utilizada para a produção de outros objetos como bancos e lixeiras.

Qualquer pessoa pode trazer seus instrumentos de escrita usados para serem depositados nos coletores localizados no bloco 4 do ICMC, ao lado da portaria do prédio, localizado dentro do campus de São Carlos, na Av. Trabalhador São-Carlense, 400. A arrecadação é por tempo indeterminado.

Caso você também queira começar um projeto como esse na sua casa, escola ou escritório, basta se cadastrar gratuitamente nos programas do Terracycle, coletar os resíduos e mandá-los pelos Correios. Você ainda pode escolher uma instituição sem fins lucrativos ou escola pública para receber os valores arrecadados com a reciclagem. Para conhecer mais sobre a iniciativa, é só acessar o site.

Confira os instrumentos de escrita que podem ser coletados: lápis grafite, lápis colorido, lapiseiras, canetas, canetinhas coloridas, borrachas, apontadores, marca-texto, marcadores permanentes e marcadores de quadro-branco.

Talissa Fávero/Assessoria de Comunicação do ICMC

  • 272
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados