USP tem 4,2 mil vagas em cursos e atividades para terceira idade

Vagas são para São Paulo, Ribeirão Preto, Piracicaba, Pirassununga, Bauru, Lorena e São Carlos; inscrições de 23 a 27 de julho

Por - Editorias: Extensão
  • 1.3K
  •  
  •  
  •  
  •  
Grupos podem se inscrever em aulas da graduação oferecidas pela Universidade – Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

A USP abriu as inscrições para as atividades do segundo semestre de 2018 do programa USP Aberta à Terceira Idade (Uati). Em sua 49ª edição, a iniciativa gratuita, realizada na capital e nos campi do interior, disponibiliza 4.279 vagas, divididas entre disciplinas regulares, oferecidas nos cursos de graduação da USP, e atividades complementares, que englobam cursos, palestras, excursões, práticas esportivas e didático-culturais. Os interessados não precisam ter vínculo com a Universidade e devem ter mais de 60 anos.

Propriedade Intelectual e Acesso à Informação, Biomecânica Aplicada, Comunicação Organizacional, Coaching de Bem-Estar e Saúde, Jornalismo Esportivo, Arte da Crônica e do Conto, Circuitos Elétricos e Produção Audiovisual em Comunicação Digital estão entre os 340 cursos disponíveis, que serão ministrados nos campi da USP em Bauru, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, São Carlos e São Paulo. Algumas disciplinas exigem pré-requisito, mas para a maioria nada é exigido.

Atividades esportivas exclusivas para idosos também têm vagas em programas como Dança Circular, Ginástica Adaptada, Musculação, Pilates e Treinamento Funcional. Além disso, serão oferecidas atividades culturais com especialistas de diversas áreas, como empreendedorismo e franquias, práticas com tablets e celulares, artesanato, atividades práticas de conservação e restauração no Museu Paulista, e aulas de viola, violão, piano, guitarra, canto e teoria musical.

Ao mesmo tempo em que disponibiliza vagas aos idosos e proporciona um intercâmbio geracional com os alunos da USP, o programa se posiciona como um polo de discussão sobre o tema do envelhecimento, com atividades e parcerias que vão além das disciplinas abertas especificamente a esse público.

“Esperamos, neste semestre, expandir ainda mais a nossa inserção na comunidade. E, para isso, além dos cursos que já fazem parte da programação do USP Aberta à Terceira Idade, faremos atividades culturais na Unibes, nas quais serão debatidos temas como ageismo (idadismo) – preconceito contra o idoso, violência contra o idoso, demência e cuidados, e cidades amigas dos idosos”, relata o médico Egídio Dórea, coordenador do programa.

Fora a parceria com a Unibes Cultural, o Uati firmou acordo com a rede de longevidade Lab 60+ com o intuito de trazer novas experiências para os participantes do programa. A cooperação prevê encontros, nos quais os frequentadores de diferentes gerações poderão trocar ideias sobre novas propostas de trabalho e formação de network.

Jornal Reproposta

Neste semestre, o Uati retoma um antigo projeto desenvolvido pelos idosos durante quase uma década: o jornal Reproposta. Criado em dezembro de 1997, durante a disciplina Aventura de Fazer Jornal, ministrada pelo professor Manuel Carlos Chaparro, o jornal bimestral com temas voltados para o público sênior foi realizado até julho de 2004 sob a supervisão do docente e, posteriormente, virou uma revista semestral orientada pela professora Cremilda Medina, ambos do Departamento de Jornalismo da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

Reproposta, que significa uma nova proposta para a vida após atingir a terceira idade, foi descontinuado há mais de uma década e, por sugestão de uma ex-aluna e participante do projeto, Dórea resolveu retomar a iniciativa no formato digital, com previsão de lançamento em setembro de 2018.

“No último dia do calouro do idoso, fui procurado por uma das antigas participantes da elaboração do jornal com um pedido para retomar o mesmo. Conversamos e concluí que foi e será um meio muito importante para que os próprios idosos tragam aspectos que eles consideram importantes. É uma forma de se expressarem e serem ouvidos. Montaremos uma equipe de coordenação e as edições serão publicadas a cada dois meses”, relata o coordenador do Uati.

Além do jornal, o Uati irá realizar, na sede da Unibes Cultural, uma exposição fotográfica produzida pelos alunos e ex-alunos com o tema Memória de São Paulo – Mesmo Espaço, Tempos Diversos.

Criado pela professora Ecléa Bosi, em 1994, o programa, que completou 24 anos de atividades ininterruptas, é uma iniciativa da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP.

Elcio Silva/ Assessoria de Comunicação da PRCEU

Serviço
Programa USP Aberta à Terceira Idade
A relação completa de atividades está disponível no site prceu.usp.br/3idade.
Inscrições para disciplinas regulares: 23 a 27 de julho − vagas limitadas disponíveis por ordem de chegada
Inscrições para as atividades complementares: cada unidade da USP define seu calendário de inscrição, por­tanto, é imprescindível observar as informações de cada atividade na consulta ao site
Todas as atividades são gratuitas e as inscrições são abertas para os interessados acima de 60 anos
Contato para dúvidas e informações: (11) 3091-9183, das 8h30 às 12 horas e das 13h30 às 17 horas , ou pelo e-mail 3idade@usp.br.

  • 1.3K
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados