USP oferece 40 cursos na área de humanidades

Atividades ocorrerão em São Paulo, com opções gratuitas e pagas; temas vão desde clássicos da literatura até o estudo de línguas

Por - Editorias: Extensão - URL Curta: jornal.usp.br/?p=181133
  • 416
  •  
  •  
  •  
  •  
Cursos de extensão são oferecidos pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), em São Paulo – Foto: Cecília Bastos / USP Imagens

.
O mês de julho é período de férias no calendário letivo da USP, mas também é data de começar a realizar matrícula nos diversos cursos de extensão do segundo semestre, oferecidos pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, em São Paulo.

São cerca de 40 cursos, divididos em cursos de línguas e de cultura nas áreas de humanidades, como Ciências Sociais, Filosofia, Geografia, História, Letras, Audiovisual, entre outras, voltados para alunos de graduação e pós-graduação, professores do ensino fundamental e médio e ao público em geral.

Há cursos gratuitos e pagos, sendo que, para os pagos, há sorteio de bolsas. As datas para matrículas variam, alguns cursos já iniciaram suas inscrições, enquanto outros começam as matrículas em agosto.

Clique no título dos cursos para verificar mais detalhes sobre eles, como horários e dias de realização, conteúdo e número de vagas. Alguns cursos ainda não foram homologados, por isso ainda não constam na página do Serviço de Cultura e Extensão da FFLCH.

Literatura

Para quem gosta de literatura, a FFLCH tem cursos baseados em grandes clássicos que envolvem a fantasia, os mitos e os contos de fadas, como A subcriação de mundos – estudos sobre a literatura de J.R.R. Tolkien e Os contos de Grimm em palavra e imagem.

O primeiro curso visa ao aprofundamento dos estudos sobre Tolkien, mostrando suas referências, sua composição narrativa, seu entendimento sobre mito, fantasia e contos de fadas, bem como sua contribuição para temas atuais como o papel da mulher e a sua implicação na sociedade. No segundo, serão apresentados estudos sobre conto de fadas, com ênfase nos de Grimm, e suas recriações nas formas visual, verbo-visual, audiovisual, entre outras, além de discutir questões relacionadas ao ensino do conto de fadas e à contação de histórias.

A literatura na antiga colônia portuguesa de Macau também será abordada em Literatura de Macau 1. Em A arte da tradução segundo escritores, os participantes vão ter um panorama de abordagens autorais distintas, com foco na prática e na teoria da tradução de expoentes da literatura ocidental em diversas línguas.

.
Reflexões sobre o mundo

Para conhecer melhor a história e a cultura da África e do negro no Brasil, o Centro de Estudos Africanos (CEA) e o Núcleo de Apoio à Pesquisa Brasil África (NAP) da FFLCH oferecem os cursos Aspectos da Cultura e da História do Negro no Brasil – Módulo I, Introdução aos Estudos de África – Modulo 2; Narrativas da literatura negra brasileira; e Diálogos e resistências: a África no Brasil e o Brasil na África.

A história dos povos pré-colombianos também será abordada em Introdução à História Indígena: Andes Centrais, Mesoamérica e Terras Baixas da América do Sul.

Esses cursos são ministrados de acordo com as leis nº 10.639/03 e nº 11.645/08, que tornam obrigatório o ensino das culturas e histórias dos povos afrodescendentes e indígenas na escola brasileira.

Reflexões sobre os problemas do mundo atual podem ser vistas em Antropologia da Cidade: modos de fazer, Henri Lefebvre e a problemática urbana; Refletindo sobre a tecnologia (social) e a engenharia (popular) a partir da Filosofia e das Ciências Sociais.

As análises continuam em outros dois cursos, mas com foco na Filosofia, abordando os textos de duas filósofas contemporâneas em Nas fronteiras do pensamento de Hannah Arendt e Judith Butler ou baseados em filosofia antiga em A noção de não ser em Parmênides e em Melisso.

A fotografia será apresentada de uma maneira diferente no curso Trópicos e doenças nas fotografias médicas, no qual mostrará que, através da representação visual da doença, a fotografia suscitou debates sobre a caracterização das patologias tropicais e tornou-se um elemento central tanto de diagnósticos quanto da própria definição de “trópicos”.

Iniciativas para um mundo mais acessível serão abordadas no curso Princípios básicos de audiodescrição – uma abordagem teórico-prática.

Há ainda Epistemologia no ensino de Geografia e Reflexões sobre o ingresso na carreira docente em Geografia: diálogos entre formação inicial, continuada e prática profissional.

.
Outras línguas

Há cursos de línguas modernas como o italiano em L’ Italiano di oggi: lingua e cultura nella vita di tutti i giorni (O italiano de hoje: língua e cultura na vida cotidiana) ou línguas clássicas em Grego moderno – níveis básico (1 e 2) e intermediário 2 e em Latim instrumental clássico e medieval 2.

A língua catalã e sua cultura podem ser conhecidas nos cursos Língua e Cultura Catalãs – níveis 2 e 4 e Língua catalã e sociedade: história e atualidade.

O mundo judaico pode ser visto nos cursos Cultura Judaica na Idade Média 2 – Sefarad; Língua Hebraica Moderna 2: noções básicas de gramática e conversação; e Língua Iídiche 2 – traduções.

E também há outros cursos de língua que não são comuns de se encontrar nas escolas de idiomas, como Língua Armênia, Língua e Cultura Húngara; Língua Tcheca; Língua e Cultura Turca; Russo no Campus.

Eliete Viana/Assessoria de Comunicação da FFLCH

Mais informações: (11) 3091-4645, e-mail agenda@usp.br, site http://sce.fflch.usp.br

  • 416
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados