Curso ensina fundamentos de economia para não economistas

Proposta é desmitificar a economia e aproximar as pessoas do assunto; inscrições até 1º de outubro, na FFLCH, em São Paulo

Por - Editorias: Extensão - URL Curta: jornal.usp.br/?p=195818
  • 65
  •  
  •  
  •  
  •  
Aulas vão apresentar as principais vertentes do pensamento e do fazer econômico, com a ideia de aproximar os alunos da construção de questões como: dinheiro, dívida pública, crédito, crise, política monetária e economia política – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

.
Desvalorização do real e a alta do dólar, juros altos, oferta de crédito e lucro dos bancos. Se acha que todos esses assuntos são indecifráveis e conversa somente de economista, você pode ser o público-alvo do curso de difusão Fundamentos de economia para não economistas, oferecido pelo Serviço de Cultura e Extensão Universitária da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, em São Paulo.

As matrículas para o curso estão abertas até o dia 1º de outubro, ou enquanto houver vagas. O objetivo é trazer ao público não especializado o conhecimento econômico que orienta a sociedade contemporânea, sua linguagem, perspectivas e limites.

Segundo a criadora e ministrante do curso, Ana Paula Salviatti, a ideia é que as pessoas se sintam menos afastadas do assunto, desmistificando a economia e conseguindo entender melhor a questão. A economia, afirma, não está só presente na bolsa de valores ou nos jornais, mas no dia a dia das pessoas.

Durante as aulas, serão apresentadas as principais vertentes do pensamento e do fazer econômico. Serão abordadas questões-chave que permeiam a sociedade e as decisões cotidianas, tais como: dinheiro, dívida pública, crédito, crise, política monetária, economia política, entre outros. Acesse aqui a ementa e a bibliografia indicada.

“Mas não é um curso para as pessoas aprenderem a investir e ganhar dinheiro, e sim para entender como funciona a economia”, brinca Ana Paula. Ela explica que “a economia é o grande debate epistemológico. Existem várias interpretações econômicas, por isso um economista diverge tanto de outro. Mas, a economia não é apresentada como uma questão de discurso e interpretações quando é mostrada ao público leigo, por exemplo”, destaca.
.

“Sempre me interessei por aquilo que eu não conseguia entender”, explica a pesquisadora Ana Paula Salviatti sobre os motivos de ter ido estudar economia – Foto: Arquivo Pessoal

.
Outro olhar

No curso, ela apresentará um olhar de historiadora, por ter graduação em História e mestrado em História Econômica, ambos pela FFLCH, mas também o de uma pesquisadora que estuda economia. Atualmente, é doutoranda na área de desenvolvimento econômico pelo Instituto de Economia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), onde estuda o endividamento público na crise atual dos Estados Unidos e do Brasil.

As cinco aulas do curso serão realizadas de 3 a 31 de outubro, às quartas-feiras, das 14 às 17 horas, em um total de 15 horas, no Edifício Eurípedes Simões de Paula (Geografia e História), que está localizado na Av. Prof. Lineu Prestes, 159, sala 12 – Cidade Universitária, São Paulo.

São oferecidas 50 vagas. O investimento para o curso varia de acordo com a categoria. O valor para os interessados em geral é R$ 100; para os graduandos e pós-graduandos da FFLCH é R$ 90 e para os professores ativos da rede pública, maiores de 60 anos, monitores e estagiários da faculdade, R$ 50. O pagamento será à vista, mediante boleto bancário impresso no ato da matrícula.

Há gratuidade nas matrículas para docentes, funcionários da FFLCH e moradores regulares do Conjunto Residencial da USP (Crusp) – esta última categoria foi inserida a pedido de Ana Paula, que morou durante oito anos no local.

As matrículas devem ser feitas pessoalmente – com RG, CPF ou carteirinha USP e comprovante da categoria a que pertence – até 1º de outubro, ou enquanto houver vagas, das 9 horas às 16h45, no prédio da Diretoria e Administração da FFLCH, localizado na Rua do Lago, 717, no Serviço de Cultura e Extensão Universitária, sala 126, campus Cidade Universitária, São Paulo.

Eliete Viana / Serviço de Comunicação Social da FFLCH

Mais informações pelo telefone: (11) 3091-4645 ou e-mail agenda@usp.br

 

  • 65
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados