Aplicativo facilita pesquisas de processos judiciais no site do TJ-SP

Redução do tempo de coleta e download de dados estão entre vantagens sobre pesquisa direta no site do Tribunal de Justiça de SP

  • 403
  •  
  •  
  •  
  •  

O Laboratório de Pesquisa Empírica em Direito (LabPED), da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto (FDRP) da USP, está usando um aplicativo que reduz o tempo que seus graduandos e pós-graduandos gastam em pesquisas no site do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

Trata-se do software Myrthes, desenvolvido pelo cientista da computação e pesquisador José de Jesus Filho, com a supervisão da professora Fabiana Cristina Severi. O programa trabalha informações da página eletrônica do TJ-SP que são de livre acesso ao público, mas com vantagens em relação à busca direta no site. Entre elas: baixar rapidamente os dados da busca, organizar dados em formato de tabela, estabelecer critérios para tabelas e parâmetros de pesquisa que podem ser definidos pelo próprio usuário.

Tela do aplicativo Myrthes – Foto: Reprodução

O objetivo do Myrthes é aumentar a qualidade das pesquisas empíricas em Direito, o que o aplicativo obtém, anexando ainda ferramentas de processamento de linguagem natural e de mineração de texto, além do controle de acesso e downloads programados para identificar ao TJ-SP e ao LabPED quais foram os dados baixados e por quem.

O nome Myrthes, segundo Fabiana, é uma homenagem à primeira mulher a exercer profissionalmente a advocacia no Brasil (saiba mais sobre a jurista e feminista Myrthes Gomes de Campos aqui). “É um dos primeiros aplicativos brasileiros a disponibilizar essas funções gratuitamente e com objetivo acadêmico”, conta a professora da FDRP.

A equipe da Faculdade de Direito de Ribeirão Preto acredita que, ainda neste ano, ferramentas semelhantes estejam disponíveis para trabalhar dados de outros tribunais de justiça.

O aplicativo está sendo usado exclusivamente por alunos e professores da FDRP, mas interessados podem solicitar o cadastro no programa através do e-mail myrthes.labped@usp.br. Para acessar o Myrthes, basta clicar aqui.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  • 403
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados