Alunos da rede básica descobrem o mundo da ciência na USP

Projetos Adote um Cientista e Pequeno Cientista são desenvolvidos pela Casa da Ciência, ligada à Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto

Por - Editorias: Extensão
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn176Print this pageEmail

 

Mural da Casa da Ciência - Foto: Divulgação/ICMC
Incentivar alunos da rede básica de ensino a conhecerem de perto o mundo científico é o principal objetivo da Casa da Ciência – Foto: Divulgação

.

Na USP de Ribeirão Preto, além dos pesquisadores, um grupo de adolescentes da rede básica de ensino de escolas públicas e particulares também se dedica a compreender a natureza e seus fenômenos utilizando o método científico. Esses jovens participam dos projetos Adote um Cientista e Pequeno Cientista da Casa da Ciência da Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto.

Cris_Casa da Ciência 1No final de novembro, os participantes dos projetos apresentaram suas pesquisas no Mural da Ciência, um dia inteiro para explicar os resultados a que chegaram. E não foram poucos. Os pequenos cientistas se aventuraram em temas científicos complexos, como metaplasia em fumantes e proteínas recombinantes.

A aluna Paula Viana Telles, da Escola Municipal João Nogueira, de Cravinhos, trouxe para o mural o tema “Investigando paradigmas, estereótipos e o papel sexual e social do ser humano” (ouça aqui a exposição da cientista Paula). Jaqueline Sousa Santos, aluna da Escola Técnica de Química da cidade de Luis Antonio, participou das atividades da Casa da Ciência pela segunda vez e fez uma associação entre o conteúdo aprendido e situações vivenciadas no dia a dia (ouça aqui).

Já o estudante Olavo Caetano Inácio, da Escola Miguel Nyme, de São Simão, explicou o que são proteínas recombinantes e seu grupo procurou responder à questão: É possível uma célula expressar uma proteína que ela naturalmente não produz? (ouça aqui a exposição do Olavo)

Para Daniele Garcia, de cidade de Dumont e Escola Estadual Nestor Gomes de Araújo, após o iniciar o projeto na Casa da Ciência, além de conhecer novas pessoas, pôde ver assuntos que ainda não foram abordados na escola. O grupo de Daniele apresentou o tema “Metaplasia em Fumantes”, mostrando o conceito do assunto e os efeitos do cigarro no organismo (ouça aqui o que eles descobriram).

Investindo em talentos

Incentivar alunos da rede básica de ensino a conhecerem de perto o mundo da ciência é o principal objetivo da Casa da Ciência, programa da Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto. De acordo com a coordenadora, Marisa Ramos Barbieri, o projeto busca desenvolver atividades de ciências para aproximar a pesquisa científica de alunos e professores da rede básica de ensino. Com turmas formadas duas vezes ao ano, as aulas são promovidas por pesquisadores da USP de Ribeirão Preto, por meio do Adote um Cientista e do Pequeno Cientista.

20161221_02_ciencia
Mural da Casa da Ciência – Fotos: Divulgação

O Adote um Cientista aprimora a cultura científica das escolas e, por meio de palestras, pequenos experimentos e pesquisas de campo, desperta o interesse dos jovens na área da ciência. São aulas semanais que reúnem estudantes, professores e pesquisadores da USP, que falam sobre temas específicos de suas linhas de pesquisa desenvolvidas na Universidade. O programa, um dos principais da Casa da Ciência, já atendeu mais de 1,6 mil alunos de aproximadamente 60 escolas de Ribeirão Preto e região, ao longo dos dez anos de existência.

Já no programa Pequeno Cientista, são aulas práticas promovidas em 12 encontros, com cerca de uma hora e meia. Os grupos de estudantes são orientados pelos graduandos e pós-graduandos da USP e do Hemocentro. A proposta é estreitar as relações entre os alunos e os professores, além auxiliar os alunos no desenvolvimento de um projeto nos moldes científicos.

Ao final de cada semestre é realizado um mural para apresentação do conteúdo estudado no período. Segundo a professora Marisa, o mural é uma oportunidade para a troca de informações entre os alunos e a sedimentação dos conceitos aprendidos. As apresentações são acompanhadas por convidados especiais, como pais, pesquisadores e também os avaliadores, que acompanham a apresentação dos trabalhos dando instrução aos alunos.

Mural da Ciência

Na edição do 24º Mural da Casa da Ciência, realizada no 24 de novembro, onze grupos de alunos apresentaram os resultados das pesquisas desenvolvidas ao longo de três meses, sob a orientação de pesquisadores, pós-graduandos e professores da USP Ribeirão. O evento reuniu alunos e professores das cidades de Cravinhos, Luis Antonio, Dumont, entre outras.

Mural da Casa da Ciência - Foto: Divulgação
Mural da Casa da Ciência – Foto: Divulgação

Além dos trabalhos no Mural da Ciência, os jovens apresentaram peças de teatro baseadas nos temas doenças hepáticas, por que sentimos dor?, dinossauros, DNA e como ser um cientista. Os roteiros foram produzidos pelos próprios alunos nas aulas de oficina de redação, com base no conteúdo do segundo semestre de 2016, e montados com a supervisão das professoras responsáveis.

Acesse aqui a relação de todos os trabalhos apresentados em novembro de 2016 no Mural da Ciência.

Espaço Casa da Ciência

A Casa da Ciência é um programa do Hemocentro de Ribeirão Preto, no campus da USP. O programa teve início em 2001, com a criação do Centro de Terapia Celular (CTC) – integrante dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (Cepids), apoiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), coordenado pelos professores Marco Antonio Zago e Dimas Tadeu Covas.

Mural da Casa da Ciência - Foto: Divulgação
Cena do “Adote uma Experiência” atividade do programa Adote um Cientista que traz experimentos clássicos de ciências para serem executados em casa – Foto: Divulgação

Unindo pesquisadores qualificados de um reconhecido centro de pesquisa e a longa experiência na área educacional da professora Marisa Ramos Barbieri, aposentada da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP, o projeto conquistou espaço dentro da Universidade e hoje coleciona parceiros constantes não só da USP de Ribeirão Preto como de outras unidades e instituições. A professora Marisa faz um balanço positivo do trabalho desenvolvido nesses quinze anos de Casa da Ciência, uma vez que a cada edição a coordenadora percebe o interesse crescente dos alunos em aprender (ouça aqui).

As inscrições para participar do projeto acontecem duas vezes ao ano com duração de três meses cada. A Casa da Ciência fica no Hemocentro de Ribeirão Preto, Rua Tenente Catão Roxo, 2.501, campus da USP.

Crislaine Messias / Serviço de Comunicação Social da PUSP-RP
Com informações da Casa da Ciência

Mais informações: http://www.casadaciencia.com.br/

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn176Print this pageEmail

Textos relacionados