Ex-aluna de projeto social em São Carlos ingressa em Direito na USP

Projeto Pequeno Cidadão atende diariamente 220 alunos em situação de vulnerabilidade econômica

Por - Editorias: Universidade - URL Curta: jornal.usp.br/?p=153888
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Formatura dos alunos da última turma do projeto Pequeno Cidadão – Foto: Reprodução / Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Campus de São Carlos (PUSP-SC)

.
Com a conquista da ex-aluna Gislaine de Fátima da Silva, uma das calouras da Faculdade de Direito (FD) da USP, o Projeto Pequeno Cidadão mostra mais uma vez sua colaboração no incentivo à educação.

Há mais de 20 anos, o projeto desenvolvido no campus da USP em São Carlos, fruto de parceria entre a Universidade e a empresa KPMG Auditores Independentes, atende diariamente 220 alunos de 10 a 14 anos, propiciando uma vida melhor às crianças e jovens que vivem em situação de vulnerabilidade socioeconômica por meio do estímulo à educação, cultura, esporte e acesso ao mercado de trabalho.

 

A caloura de Direito da USP, Gislaine de Fátima da Silva – Foto: Reprodução / Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Campus de São Carlos (PUSP-SC)

.
Gislaine destaca a importância de seus quatro anos (de 2009 a 2012) no Pequeno Cidadão, nos quais recebeu “incentivo aos estudos, à busca por novos conhecimentos e por tentar fazer sempre o melhor. Além disso, a vivência no ambiente universitário despertou o interesse em estudar na USP”.

Para Gloria Izildinha Sanches de Lima, psicóloga do projeto, “esta conquista nos enche de orgulho e alegria. Saber que a iniciativa pode representar uma ‘sementinha’ plantada no coração da Gislaine nos motiva ainda mais e mostra que todos os incentivos e oportunidades vividas, bem direcionados, dão excelentes frutos”.

Mesmo tendo estudado a vida toda na escola pública Orlando Perez, no bairro Cidade Araci, e vivenciado problemas de segurança e infraestrutura, ela ressalta que a conquista de ser aprovada na USP não foi fácil, “mas é preciso acreditar que não é impossível, deve-se suprir as necessidades da educação brasileira e fornecer para as escolas melhores condições; dessa forma, a igualdade será maior e o sonho de entrar na faculdade pode ser alcançado por todos”.

 

Gislaine na época em que participou do Projeto Pequeno Cidadão – Foto: Reprodução / Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Campus de São Carlos (PUSP-SC)

.
Segundo Elaine Trimer, coordenadora pedagógica do projeto, a Gislaine “sempre foi uma excelente aluna, participativa, dedicada e carinhosa com os professores e colegas”. Elaine acredita que o Pequeno Cidadão tenha contribuído nessa formação “proporcionando vivências, experiências e abrindo novos horizontes ao transmitir valores positivos”.

Suzana Xavier / Assessoria de Comunicação da Prefeitura do Campus
.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados