Evento on-line discute a nova era de pesquisas sobre buracos negros

Professor da USP abordará os avanços das pesquisas no âmbito desses objetos galácticos; transmissão acontecerá dia 23 de setembro, às 19 horas

Foto: NASA/JPL-Caltech

.

Quais são as principais descobertas da nova astronomia de buracos negros? Por que tantas pesquisas estão acontecendo nos últimos anos? Quais são as perspectivas futuras? Para responder a estas e outras perguntas, o Instituto de Física (IF) da USP está promovendo mais uma edição do Convite à Física, com o tema A nova era de ouro dos buracos negros. O evento on-line acontecerá dia 23 de setembro, às 18 horas e será transmitido através do canal do Youtube do instituto.

Rodrigo Nemmen, professor do IAG. Foto: Reprodução / IAG-USP

O objetivo da palestra, ministrada por Rodrigo Nemmen, professor de astrofísica do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da USP, é observar os avanços recentes nas pesquisas sobre buracos negros nos últimos cinco anos. “Entramos em 2015 numa segunda e empolgante era de ouro da pesquisa em buracos negros, impulsionada desta vez por avanços empíricos”, destaca o palestrante no material de divulgação do evento. A primeira era de ouro ocorreu nos anos 60 e tinha nomes como Hawking, Wheeler e Zel’dovich. A nova geração conta com cientistas como Katie Bouman, responsável pela primeira imagem de um buraco negro.

O evento é organizado pelo Instituto de Física e pela série de colóquios Convite à Física, que oferece palestras abertas ao público geral e é dedicada a todos os estudantes ingressantes da USP. 

 

Convite à Física

A nova era de ouro dos buracos negros
Data: 23 de setembro (quarta-feira)
Horário: 18 horas
Para ver a palestra: www.youtube.com/watch?v=t0R7jj5XEUg

Facebook: www.facebook.com/fisicaUSP

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.