Evento on-line apresenta olhar da engenharia sobre exploração excessiva dos oceanos

Impactos do transporte marítimo e das atividades urbanas sobre os oceanos estarão em pauta no workshop com transmissão gratuita pela internet no dia 10 de junho

 08/06/2021 - Publicado há 5 meses
Transporte marítimo é um dos temas de evento da Poli-USP – Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

.

Os oceanos precisam de ajuda, mais do que nunca, e só compreendendo sua situação é que será possível salvá-los. Essa é a ideia do workshop Escola Politécnica em prol dos Oceanos, evento on-line no dia 10 de junho, com transmissão a partir das 13 horas neste link, que pretende debater questões relacionadas à Década do Oceano, promovida pela Organização das Nações Unidas.

O evento, organizado pelos alunos da Escola Politécnica (Poli) da USP, vai abordar os impactos do transporte marítimo, das atividades urbanas e da exploração excessiva sobre os oceanos e quais as perspectivas para a próxima década. O apresentador Marcelo Tas, que é ex-aluno da faculdade, terá participação especial no evento.

Serão três palestras e o encerramento terá um debate a partir dos temas apresentados. Entre os participantes, Lenita de Freitas Tallarico, pesquisadora do Instituto Butantã e presidente da Sociedade Brasileira de Malacologia (estudo de moluscos), ministrará a palestra Exploração dos recursos do oceano e seus impactos.

Também haverá os painéis O papel da mídia na conscientização da sociedade acerca dos impactos humanos sobre os oceanos, apresentado por Marcelo Tas, e Impactos devidos às atividades dos centros urbanos nos oceanos, com palestrante a ser confirmado. A mediadora do evento será a pesquisadora da Unesco pela Sustentabilidade dos Oceanos, Tássia Biazon.

Workshop Escola Politécnica em prol dos Oceanos
10 de junho
Das 13 às 17 horas
Transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=EaJUL6KLvSI

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.